Turismo
24/06/2017 12:44

Tom Coronel perde ponto de freada, passa reto em curva e acerta ambulância na etapa de Portugal do WTCC

Tom Coronel errou uma curva. Mas ao invés de acertar uma barreira de pneus, acertou uma ambulância. Por conta dos danos no carro, o holandês vai ficar de fora do resto das atividades do WTCC em Vila Real, em Portugal
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 A ambulância serviu de barreira de proteção para Tom Coronel (Foto: Reprodução)

Ambulâncias são muito úteis no automobilismo. Em caso de acidente mais grave, os veículos sempre estão lá para ajudar os pilotos. E elas acabaram sendo úteis no treino livre do WTCC em Portugal, mas de um jeito inusitado: uma ambulância que estava estacionada na beira da pista de Vila Real serviu de barreira de proteção para Tom Coronel neste sábado (24).
 
O piloto holandês perdeu o ponto de freada em uma curva e passou reto em um ponto do circuito que simplesmente não tinha guard-rail ou barreira de pneus – situação muito perigosa, considerando que Vila Real é um circuito de rua. Depois de passar por cima de um canteiro, Coronel encheu a lateral da ambulância.
A ambulância serviu de barreira de proteção para Tom Coronel (Foto: Reprodução)

Os danos foram apenas materiais. Uma pessoa estava sentada no banco do carona da ambulância, quase no ponto em que Coronel bateu, mas escapou ilesa.
 
Depois da batida, Coronel vai ficar de fora da rodada do WTCC. O Chevrolet do piloto ficou muito danificado para participar do restante das atividades em Vila Real.
 
NOVA DERROTA EM 2017 MOSTRA QUE TOYOTA E LE MANS SÃO COMO ‘ÁGUA E ÓLEO’