Turismo
15/06/2018 06:45

Com Academia Shell Racing, Ramos realiza “sonho de criança” com estreia em Interlagos pela Sprint Race

Dono de uma carreira laureada no kartismo, Diego Ramos tinha o kartódromo de Interlagos quase como sua segunda casa. Mas sonhava em um dia acelerar do outro lado, no autódromo, em uma corrida. Seu sonho vai virar realidade neste fim de semana na terceira etapa da temporada 2018 da Sprint Race, na sequência do seu primeiro ano correndo de turismo
Warm Up / FERNANDO SILVA,  de Sumaré
 Diego Ramos em mais uma fase de aprendizado na carreira na Sprint Race, em Rivera (Foto: Luciano Santos)

Definitivamente, 2018 é um ano especial para a carreira de Diego Ramos. Dono de nada menos que três títulos do Campeonato Brasileiro de Kart (de Super Cadete, Junior Menor e Junior), o paulista, hoje com 16 anos, vem de uma temporada vitoriosa na modalidade depois de ter vencido os principais certames nacionais, como o Brasileiro e a Copa Brasil. Para o novo ano, Ramos encarou um novo desafio. Antes mesmo do que seria a subida para a classe Graduados, o piloto, com o apoio da Academia Shell Racing, definiu sua transição para o turismo, fazendo sua estreia nos carros de corrida pela Sprint Race, e logo com direito a pole-position na corrida de estreia, em Curitiba.
 
Além da prova disputada no circuito paranaense, Ramos competiu na segunda etapa, que foi realizada em Rivera, no Uruguai. Na cidade fronteiriça, Diego somou 24 pontos nas duas corridas daquele fim de semana para assumir a quinta colocação do campeonato na classe PRO. Agora, o desafio deste fim de semana é ainda maior e culmina também com a realização de um sonho de criança: entre 16 e 17 de junho, a Sprint Race corre em Interlagos, o templo do automobilismo nacional.
 
Em entrevista ao GRANDE PRÊMIO, Ramos contou como vem sendo sua adaptação ao turismo, com um aprendizado quase que diário que não se limita às atividades de pista propriamente ditas, mas também à dedicação ao preparo físico na academia e também os treinos no simulador para pegar a mão de cada circuito, como o palco da rodada dupla neste fim de semana.
Diego Ramos vem em franca evolução no turismo pela Sprint Race (Foto: Rodrigo Guimarães)
“Minha estreia no carro de turismo, neste ano, foi muito melhor que o esperado. Consegui me adaptar bem ao carro, que é muito gostoso de guiar. Tanto é que na primeira etapa, em Curitiba, consegui marcar a pole-position, um resultado bom, muito bom mesmo”, salientou o piloto.
 
“Quanto à pilotagem, ainda tenho de melhorar muito, falta pegar alguma quilometragem, fazer mais treinos, mais corridas... Sou também o mais novo na categoria. Estou me acostumando à percepção do espaço. No treino, quando se está sozinho, é mais fácil. Mas na corrida, com diversos pilotos grudados em você, ali tem bem mais tensão. A cada corrida que passa vou me adaptando mais ao carro e, a cada etapa, espero conseguir melhorar ainda mais”, ressaltou.
 
Ter a chance de acelerar em Interlagos neste fim de semana é um marco para a carreira do jovem piloto, que vai poder andar no mesmo palco onde ídolos da antiga e da nova geração tiveram a chance de fazer história. Agora, é a vez do próprio Diego Ramos escrever sua história no mais icônico dos circuitos brasileiros e um dos principais de todo o mundo.
Diego Ramos vai ter a chance de correr pela primeira vez no templo do automobilismo brasileiro (Foto: Rodrigo Guimarães)
“Correr em Interlagos é um sonho que tenho desde pequeno. Desde criança, quando andava no kartódromo, sempre tive o sonho em correr em Interlagos, no autódromo. Sempre batia aquele pensamento de um dia correr lá do outro lado, e essa semana esse sonho vai ser realizado”, pontuou.
 
Não vai ser, necessariamente, a primeira vez que Diego vai andar com um carro de corrida em Interlagos, mas sua estreia em corridas vai ser pela Sprint Race neste fim de semana. “Já fiz um treino de F3 lá com a Cesário, mas nunca corri, vai ser a primeira vez. Estou muito ansioso, muito feliz, espero que dê tudo certo e, se Deus quiser, fazer um bom resultado e subir para a ponta da tabela”, declarou o dono do carro #113.
 
Ramos destacou, também, o trabalho que vem sendo feito com a Academia Shell Racing no seu primeiro ano correndo no turismo e como o intercâmbio com pilotos mais experientes tem ajudado na sua evolução gradativa.
 
“Meu trabalho com a Academia Shell Racing vem sendo muito bom, tendo ao lado pilotos como o Ricardo Zonta e o Átila Abreu, que estão na Stock Car, o Gaetano Di Mauro, que neste ano está andando de Porsche... então tiro muitas dúvidas, principalmente com o Gaetano, que já andou de Sprint Race e tem bastante experiência”, disse.
Diego Ramos destacou o trabalho feito em conjunto com a Academia Shell Racing no seu aprendizado no turismo (Foto: Luciano Santos)
O jovem elogiou o trabalho com Gaetano, que também vem se destacando no seu primeiro ano na Porsche Carrera Cup e conta com o ótimo retrospecto do amigo em Interlagos para ter uma performance ainda melhor no fim de semana de estreia no traçado paulistano.
 
“Com certeza, a primeira pessoa para quem pergunto é ele, que sempre me ajuda. Acho que isso é muito bom. Estar mais um ano com a Academia Shell Racing é muito gratificante, muito feliz por levar essa marca. Em Interlagos, espero levar a Academia ao topo”, declarou.
 
Diego acredita que Di Mauro vai atuar com um pouco como seu ‘coach’ neste fim de semana para coroar na pista uma jornada que vem sendo de muito trabalho e esforço para fazer bonito na sua estreia no circuito mais importante do Brasil. 
 
“Talvez o Gaetano vai estar lá para me dar umas dicas. Estou me preparando muito para esta etapa, indo na academia de segunda a sexta, treino quase todo dia no simulador, fazendo a simulação com Stock Car ou Porsche, na pista de Interlagos. Tenho feito uma boa preparação, venho treinando bastante”, finalizou Diego Ramos.
CHOQUE DE REALIDADE

F1 TEM CAMPEONATO BOM DE CORRIDAS MONÓTONAS EM 2018