Truck

Salustiano vence corrida 2 em Campo Grande. Segundo, Monteiro é campeão da Copa Centro-Oeste

Paulo Salustiano venceu a segunda corrida do dia em Campo Grande. Sétimo no grid, o piloto da Volkswagen escalou o pelotão e faturou a vitória. Beto Monteiro, também em ótimo ritmo, terminou em segundo lugar e faturou a Copa Centro-Oeste

Warm Up / VINÍCIUS PIVA, de São Paulo
E a segunda corrida da Copa Truck em Campo Grande terminou com Paulo Salustiano como vencedor. O piloto da Volkswagen fez uma prova irrepreensível. Sétimo no grid, o #55 foi ultrapassando todo mundo até chegar ao primeiro lugar e não sair mais de lá.
 
Beto Monteiro, vencedor da primeira corrida, acompanhou o ritmo do companheiro de equipe e cruzou em segundo lugar. Com o resultado, ficou com o título da Copa Centro-Oeste e garantiu seu lugar na disputa do título brasileiro, no fim do ano. Felipe Giaffone e André Marques também garantiram uma vaga na Grande Final.
 
A pole-position Débora Rodrigues fez uma prova consistente. Não conseguiu segurar os dois Volkswagen, mas acabou em terceiro. Felipe Giaffone terminou em quarto com seu Iveco, seguido de André Marques, que ocupou o último lugar do pódio.
 
Saiba como foi a segunda corrida da Copa Truck em Campo Grande
 
A pole Débora Rodrigues foi muito bem no sinal verde e se segurou na pole. Felipe Giaffone foi muito bem, passou Renato Martins e foi para segundo. Paulo Salustiano e Beto Monteiro, sétimo e oitavo no grid, vinham escalando o pelotão e, em duas voltas, já apareciam em segundo e terceiro.
 
O ritmo dos dois Volkswagen era impressionante. Rodrigues usava toda a pista para se defender de Salustiano, e resistiu enquanto foi possível. Mas não conseguiu se manter na ponta por muito mais tempo. Na terceira volta, os dois Volkswagen passaram de uma vez, empurrando Débora para terceiro.
 
Felipe Giaffone vinha em quarto, com Jaidson Zini em quinto, André Marques em sexto e Wellington Cirino em sétimo. Luiz Lopes, Luiz Carlos Zapellinni, Fábio Fogaça, Maikon Lauck e Leandro Totti já estavam fora da disputa.
 
A dupla da RM só abria dos demais, e Beto já grudava em Salu. Mais atrás, Zini, que vinha fazendo mais uma grande apresentação com seu Iveco, acabou rodando e perdeu algumas posições.
 
Cirino perdeu rendimento com seu Mercedes e caiu para 14º. Já Clodoaldo Monteiro aparecia em sexto com seu MAN. Já Marques dava um calor em Giaffone, em busca da quarta colocação. Mais atrás, Renato Martins subia para oitavo.
 
O tempo corria e as posições se mantinham inalteradas. Paulo Salustiano se manteve na ponta e venceu a primeira em 2019.