Truck

Após saída do vice-campeão Giaffone, RM Motors contrata Monteiro e Salustiano para temporada 2019

A equipe RM Motors, uma das mais tradicionais entre os caminhões, anunciou a chegada de Beto Monteiro e Paulo Salustiano para a temporada 2019 da Copa Truck. Ambos representarão a Volkswagen. Já Felipe Giaffone deixa o time e vai correr de Iveco neste ano

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
A primeira corrida da temporada 2019 da Copa Truck será em março, mas nos bastidores da categoria as movimentações estão intensas. Nesta quarta-feira (23), a equipe RM Motors, chefiada por Renato Martins, anunciou a contratação dos pilotos Beto Monteiro e Paulo Salustiano, que passam a representar a Volkswagen. 
 
Por outro lado, o vice-campeão de 2018 Felipe Giaffone deixa o time após mais de uma década de parceria. De acordo com o jornalista Américo Teixeira Jr, do Diário Motorsport, parceiro do GRANDE PRÊMIO, o ex-Indy correrá de Iveco neste ano.
Felipe Giaffone (Foto: Duda Bairros)
Bicampeão entre os caminhões e vencedor da Copa Centro-Oeste de 2017, Monteiro falou do novo desafio na carreira. 
 
"Estou feliz demais, será um grande desafio, pois não é como em outras categorias tradicionais, onde o carro é o mesmo e muda o acerto: na Truck você tem de trocar a guiada, cada caminhão tem o seu jeito. E, depois de dez anos com o mesmo caminhão, será uma grande mudança. A empolgação está em alta e agradeço a Iveco por toda a parceria nesses últimos anos", comenta o pernambucano.
 
Já Salustiano, que vem batalhando por uma vaga fixa desde a criação da categoria, em 2017, terá a oportunidade de correr uma temporada inteira, reeditando uma parceria com Monteiro que ocorreu oito anos atrás. 
 
"Estou de volta para valer em minha primeira temporada completa na Copa Truck. Esta é uma oportunidade de ouro e vai ser legal correr novamente com o Beto! Obrigado ao Renato pela oportunidade de encabeçar a equipe Volkswagen. Vamos entrar de cabeça na briga, a ideia é ser campeão", ressalta o paulista.
 
O chefe e também piloto Martins saudou a chegada dos novos pilotos e aproveitou para demonstrar gratidão a Giaffone. 
 
"Agradeço muito ao Felipe por todos esses anos. Ele foi um grande parceiro e temos muita amizade. Chegamos ao fim dessa parceria de uma maneira muito boa e só tenho a agradecer. Já o Beto e o Salu não precisam de elogios, são pilotos de altíssimo nível e que só vão somar", considera Martins.
 
Em sua página na rede social, Giaffone publicou um texto de agradecimento ao time RM. "Foram 12 anos juntos, 40 vitórias e cinco títulos. No pior ano, um quarto lugar no campeonato. Não foi nada fácil sair da melhor equipe e guiar para uma grande marca por tantos anos. Muito obrigado Renato e Débora Rodrigues por me proporcionar anos espetaculares. Agradeço a toda engenharia da Volks que também sempre esteve presente. Obrigado todos os mecânicos envolvidos dentro da equipe. Atingimos juntos estes números e sempre serei muito grato a vocês", falou.