Superbike

Rea quebra série de Sykes em Donington Park na corrida 2 e lidera 1-2 na 100ª vitória da Kawasaki no Mundial de Superbike

Jonathan Rea teve uma atuação impecável neste domingo (28) e conquistou a vitória na corrida 2 em Donington Park. Líder do Mundial, o norte-irlandês liderou uma dobradinha com Tom Sykes naquele que foi o 100º triunfo da Kawasaki no Mundial de Superbike. Chaz Davies completou o pódio
Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo
 Jonathan Rea (Foto: Provec)
 

Jonathan Rea deu à Kawasaki sua 100ª vitória no Mundial de Superbike. Recuperado de uma queda feia na corrida 1, o líder do campeonato não demorou a assumir a primeira posição neste domingo (28) e não foi mais incomodado.
 
Depois de escalar o pelotão, Tom Sykes até apertou o ritmo para tentar encostar no companheiro de equipe, mas não chegou a assustar. Além de encerrar uma série de nove vitórias seguidas do #66 em Donington Park, Rea também deu à marca japonesa seu centésimo triunfo no Mundial de Superbike.
Jonathan Rea venceu pela oitava vez no ano (Foto: Provec)

Seguindo a nova regra do certame, a pole-position para o complemento da rodada da Inglaterra era de Marco Melandri, que saiu à frente de Michael van der Mark. O piloto da Yamaha até fez uma boa saída, mas acabou engolido pelo pelotão.
 
Leandro Mercado logo assumiu o comando da corrida, à frente de Leon Haslam, Rea, Marco Melandri e Van der Mark. Chaz Davies já era o sexto, seguido por Alex Lowes, Leon Camier, Sykes e Eugene Laverty.
 
Dominante em 2017, Rea tinha pressa em compensar o revés de sábado. O #1 logo passou Haslam e, logo depois, tirou a liderança do argentino Mercado, de cara abrindo vantagem no topo da tabela.
 
Ainda na segunda volta da corrida, Haslam caiu na Goddards após um toque com Mercado, mas correu para a moto para retornar à pista. Davies também teve de pensar rápido para evitar uma queda. Pouco depois, Alex De Angelis também abandonou após um tombo.
 
No terceiro giro da corrida, Rea já tinha 1s2 de margem para Van der Mark, que tinha se instalado em segundo, à frente de Melandri, Mercado, Sykes e Lowes.
 
Na sexta volta da corrida, Sykes já aparecia em segundo, 3s495 atrás de Rea. O #66 defendia sua impressionante sequencia de vitórias em Donington Park.
 
Pressionando Lowes, Melandri teve um problema com a Ducati e teve de abandonar. Na sequência, Mercado caiu na curva dez e também abandonou.
 
Enquanto Sykes não impressionava muito na caçada a Rea, Lowes ia bem na busca por Van der Mark, mas não conseguiu chegar e ainda caiu para a quinta colocação, com Davies chegando para se instalar em quarto.
 
Chaz, então, passou a reduzir a vantagem de Van der Mark e colou no titular da Yamaha nas duas voltas finais. Na abertura do último giro, o britânico se impôs e derrubou o holandês para a quarta colocação, mas o #60 brigou até a bandeirada.
 
Lowes ficou com o quinto posto, à frente de Camier, Xavi Forés, Ramón Ramos, Jake Dixon e Raffaelle de Rosa.
 
Depois de um primeiro dia de muita emoção em Donington Park com tributos a Nicky Hayden, o domingo ganhou mais ‘normalidade’, com os pilotos voltando a comemorar com champanhe no topo do pódio. Ainda assim, o #69 não foi esquecido, com Rea dedicando sua vitória ao campeão de 2006 da MotoGP.
 
Com o resultado deste domingo, Rea parte para a rodada de Misano com 55 pontos de vantagem para Sykes na classificação. Terceiro, Davies tem 75 pontos de atraso para o líder. Melandri e Lowes completam o top-5.
 
Na briga de Construtores, a Kawasaki lidera com 285 pontos, 53 a mais que a Ducati, a segunda colocada. Yamaha aparece em terceiro, seguida por BMW, MV Agusta, Aprilia e Honda.

Mundial de Superbike, Donington Park, Corrida 2, Final:

1 1 JONATHAN REA ING KAWASAKI
ZX-10R
33:53.138 23 voltas
2 66 TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
+1.601  
3 7 CHAZ DAVIES ING DUCATI
1199 PANIGALE R
+12.200  
4 60 MICHAEL VAN DER MARK HOL YAMAHA
YZF-R1
+12.984  
5 22 ALEX LOWES ING YAMAHA
YZF-R1
+18.953  
6 2 LEON CAMIER ING MV AGUSTA
1000 F4
+23.971  
7 12 XAVI FORÉS ESP BARNI
DUCATI PANIGALE R
+29.892  
8 40 ROMÁN RAMOS ESP GO ELEVEN
KAWASAKI ZX-10R
+44.742  
9 27 JAKE DIXON ING ROYAL AIR FORCE
KAWASAKI ZX-10RR
+50.622  
10 18 RAFAELLE DE ROSA ITA ALTHEA
BMW S1000 RR
+51.749  
11 6 STEFAN BRADL HOL HONDA
CBR1000RR SP
+59.459  
12 84 RICARDO RUSSO ITA GUANDALINI
YAMAHA YZF-R1
+1:12.794  
13 37 ONDREJ JEZEK RTC GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+1:22.719  
14 86 AYRTON BADOVINI ITA GRILLINI
KAWASAKI ZX-10R
+5 voltas  
15 2 LORENZO SAVADORI ITA MILWAUKEE APRILIA
APRILIA RSV4 RF
NC  
16 33 MARCO MELANDRI ITA DUCATI
1199 PANIGALE R
NC  
17 36 LEANDRO MERCADO ARG IODA
APRILIA RSV4 1000 F
NC  
18 81 JORDI TORRES ESP ALTHEA
BMW S1000 RR
NC  
19 50 EUGENE LAVERTY IRL MILWAUKEE APRILIA
APRILIA RSV4 RF
NC  
20 15 ALEX DE ANGELIS RSM PEDERCINI
KAWASAKI ZX-10R
NC  
21 91 LEON HASLAM ING KAWASAKI PUCCETTI
KAWASAKI ZX-10RR
NC  
22 88 RANDY KRUMMENACHER AUS PUCCETTI
KAWASAKI ZX-10R
NC  
             
POLE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:26.641 167.16 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:27.815 164.92 km/h
RECORDE TOM SYKES ING KAWASAKI
ZX-10R
1:26.641 167.16 km/h
             
    Condições do tempo   PISTA SECA   ar: 20°C | pista: 39ºC
GENIAL, ALONSO FOI ESPETACULAR NA CLASSIFICAÇÃO EM INDIANÁPOLIS E ENTRA NO PÁREO PELA VITÓRIA