Superbike
18/06/2017 08:43

Melandri triunfa em Misano e volta a vencer no Mundial de Superbike. Rea sustenta liderança da temporada

Marco Melandri faturou sua primeira vitória no Mundial de Superbike desde que voltou à categoria, nesta temporada. O italiano triunfou em casa no circuito de Misano depois de ultrapassar Jordi Torres, que abandonou. As Kawasaki de Jonathan Rea e Tom Sykes completaram o pódio
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Marco Melandri faturou a 100ª vitória de um piloto italiano no Mundial de Superbike (Foto: Forix)

Marco Melandri faturou uma vitória histórica neste domingo (18) no Mundial de Superbike. O triunfo do piloto da Ducati foi o 100º de um piloto italiano na história da categoria. E, de quebra, voltou ao topo do pódio desde que retornou ao Mundial, nesta temporada. Melandri ganhou a liderança depois de ultrapassar Jordi Torres, que fez grande corrida, mas acabou abandonando a prova por conta de um problema na sua BMW.
 
O pódio foi completado pelos pilotos da Kawasaki. Jonathan Rea, que mantém a liderança do campeonato, cruzou a linha de chegada em segundo, enquanto Tom Sykes fechou o top-3. Michael Van der Mark, que ficou bem perto da vitória no último sábado, assim como o próprio Melandri, garantiu a quarta posição, enquanto Eugéne Laverty foi o quinto.
 
A próxima etapa do Mundial de Superbike acontece entre 8 e 9 de julho no clássico circuito de Laguna Seca, na Califórnia, Estados Unidos.
Marco Melandri faturou a 100ª vitória de um piloto italiano no Mundial de Superbike (Foto: Forix)
A primeira posição do grid de largada da corrida 2 em Misano ficou com Jordi Torres, da BMW, com Javier Forés em segundo com a Ducati. Eugéne Laverty, da Aprilia, partiu em terceiro, seguido por Randy Krummenacher e Román Ramos, da Kawasaki.
 
Mas quem brilhou na largada foi Tom Sykes, que pulou de nono para terceiro, seguido por Jonathan Rea, que partiu de sétimo para terceiro nas primeiras voltas. À frente deles, só os dois espanhóis: Forés passou Torres e tomou a ponta da prova no circuito italiano.
 
Mas Forés ficou pouco tempo na ponta. Por conta de um erro ao fazer o traçado de uma curva, o espanhol perdeu muitas posições, e a ponta acabou ficando com Torres, seguido por Sykes, Melandri — que partiu em décimo — e Rea. Mas o italiano imprimia forte ritmo. Com grande conhecimento da pista de Misano, Melandri colocou sua Ducati em segundo e empreendeu forte ritmo para tentar buscar a vitória que lhe escapou no último sábado.
 
Lá atrás, Laverty travava bela briga com Alex Lowes pela quinta posição e levava vantagem. Michael Van der Mark, que também viu a vitória ir pelos ares no sábado, também passava o britânico e avançava para sexto.
 

Quando restavam 12 voltas para o fim, finalmente Melandri fez a ultrapassagem e tomou a ponta. Mas apenas por algumas curvas, já que Torres deu o troco e retomou a liderança da prova. O italiano, contudo, seguia muito perto do adversário e só esperou a melhor chance para dar o bote. Pouco mais atrás, Lowes encerrava sua participação na prova no chão. Tombo para o britânico da Yamaha.
 
O troco de Melandri veio quando faltavam nove voltas para a bandeirada. Marco passou e abriu vantagem para Torres, que passava a ser pressionado por Jonathan Rea. Sykes vinha em quarto, enquanto Van der Mark fechava o top-5. Só que o espanhol, que brigava pelo pódio, enfrentou uma quebra na sua BMW e abandonou. Jordi não escondeu a sua irritação com a chance perdida de marcar um bom resultado. 
 
Depois de 21 voltas, enfim Melandri comemorou a vitória: a sua primeira desde o retorno ao Mundial de Superbike e, de quebra, a 100ª de um piloto italiano no Mundial de Superbike. Rea e Sykes fecharam o pódio com a Kawasaki.
O CANADÁ É PARA HAMILTON O QUE MÔNACO FOI PARA SENNA?