Superbike
22/05/2017 14:49

Irmão de Hayden agradece mensagens de apoio: “Foi um grande conforto saber que Nicky tocou a vida de tantas pessoas”

Irmão mais velho de Nicky Hayden, Tommy agradeceu em nome da família e da noiva do piloto, Jackie Marin, todas as mensagens recebidas desde o acidente sofrido pelo norte-americano na última quarta-feira. O mais velho da família do Kentucky citou as muitas memórias que têm do #69 e ressaltou o orgulho pelos feitos do campeão de 2006 da MotoGP
Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo
 Nicky Hayden (Foto: Markus Berger/Red Bull Content Pool)
 

Irmão mais velho de Nicky Hayden, Tommy Hayden deu sua primeira declaração após a morte do piloto, anunciada pela Honda nesta segunda-feira (22). Em um comunicado enviado pela fábrica nipônica à imprensa, o irmão mais velho do piloto do Mundial de Superbike agradeceu as mensagens de apoio, ressaltou o orgulho da família pelos feitos do campeão de 2006 da MotoGP e agradeceu o cuidado da equipe do Hospital Maurizio Bufalini.
 
Nicky foi atropelado na última quarta-feira enquanto pedalava nas cercanias de Rimini dias após disputar a etapa de Ímola do Mundial de Superbike. Desde então, o hospital sempre manteve o prognostico reservado, mas anunciou que o #69 lutava contra um “sério politrauma com subsequente dano cerebral grave”.
Nicky Hayden tinha 35 anos (Foto: Markus Berger/Red Bull Content Pool)

Mais velho entre os irmãos, Tommy acompanhou a mãe, Rose, na viagem para a Itália e esteve ao lado de Nicky ao longo dos últimos, junto da noiva do piloto, Jackie Marin, e de membros da equipe Honda.
 
“Em nome de toda a família Hayden e da noiva de Nicky, Jackie, eu gostaria de agradecer a todos pelas mensagens de apoio — foi um grande conforto para todos nós saber que Nicky tocou a vida de tantas pessoas de uma maneira tão positiva”, disse Tommy. “Apesar de este ser um momento obviamente triste, nós gostaríamos que todos lembrassem de Nicky em seus momentos mais felizes — pilotando uma moto. Ele sonhou quando criança em ser um piloto profissional e não só atingiu isso, mas também conseguiu alcançar o pináculo do esporte que escolheu ao se tornar campeão mundial. Nós todos estamos muito orgulhosos disso”, continuou.
 
“Fora essas memórias ‘publicas’, nós também temos muitas grandes e felizes recordações de Nicky em casa no Kentucky, no seio da família. Vamos sentir terrivelmente a falta dele”, comentou. “Também é importante para nós agradecer à equipe do hospital por seu incrível apoio — eles foram muito bondosos”, destacou.
 
“Com o apoio das autoridades nos próximos dias, esperamos ter Nicky em casa em breve”, completou.
MENINO THOMAS MOSTRA LADO HUMANO DA F1 E AQUECE ATÉ CORAÇÃO DO ‘HOMEM DE GELO’ RÄIKKÖNEN