Superbike

Bautista segue boa fase, domina etapa em Assen e conquista mais duas vitórias no Mundial de Superbike

Ninguém parece ser capaz de segurar o ímpeto de Álvaro Bautista. No final de semana, em Assen, o piloto entregou mais uma etapa perfeita e, após a corrida 1 ser cancelada por conta de uma nevasca, assegurou a vitória nas duas disputas restantes na Holanda

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Álvaro Bautista segue imparável. No final de semana, na etapa de Assen do Mundial de Superbike, o espanhol da Ducati dominou a passagem pela Holanda para conquistar duas vitórias e seguir com a fase perfeita no campeonato.
 
A rodada tripla, quinta da temporada 2019, começou com um grande revés. Com o circuito sendo alvo de uma grande nevasca que caiu no sábado, a primeira corrida do final de semana teve de ser cancelada para segurança dos pilotos.
 
Mas é claro que isso acabou não afetando em nada Bautista. Saindo da pole-position pela terceira vez no ano, o titular da Aruba.it chegou a ser ameaçado na curva 1, mas sem grandes problemas, dominou de ponta a ponta sem ser incomodado nas 21 voltas.
 
Acompanhando a constância de resultados do adversário, Jonathan Rea conseguiu mais uma segunda colocação de 2019. Saindo do grid em oitavo, foi ganhando terreno durante a corrida para ver a bandeira quadriculada em segundo, sem conseguir acompanhar o ritmo de Álvaro.
Álvaro Bautista (Foto: Reprodução)
Michael van der Mark foi quem completou o pódio da corrida 1 após uma disputa bastante solitária em sua terra natal. O holandês chegou a rodar em quarto na parte inicial da disputa, mas assegurou o último lugar do top-3. Alex Lowes e Leon Haslam fecharam os cinco primeiros.
 
Com o resultado, Bautista quebrou um importante recorde do Mundial de Superbike. O piloto tornou-se o primeiro na história a conquistar dez vitórias consecutivas no início do campeonato.
 
Na segunda corrida do final de semana, mais uma vez Bautista largou da posição de honra do grid. Entretanto, pouco depois do início, Rea havia decidido não deixar a vida do rival ser fácil, mostrando-se combativo e ameaçando o espanhol.
 
Então, na curva 3, Jonathan enfim conseguiu consumar a ultrapassagem em cima do adversário da Ducati, algo pouco visto durante o campeonato. Entretanto, o piloto da Kawasaki acabou ficando para trás com o #19 tomando a ponta seis voltas mais tarde.
 
Depois disso, Álvaro disparou na ponta, conseguindo assim mais uma vitória. Depois de seu início de prova voador, Rea começou a sofrer com problemas nos pneus, terminando a prova em terceiro, atrás de van der Mark, o segundo.
 
Bautista, que somou 236 de 236 pontos possível, lidera com folga a classificação do Mundial de Superbike. O piloto vai para a quinta etapa do calendário, em Ímola, com um respiro de 53 tentos para Rea, o segundo.