Seletiva BR
01/11/2017 14:25

Rosate aproveita pole, vence primeira corrida da final e se aproxima do título da Seletiva de Kart Petrobras 2017

João Rosate venceu novamente e está cada vez mais próximo do título da edição 2017 da Seletiva de Kart Petrobras. Murilo Coletta e Lucas Okada completaram os três primeiros
Warm Up / GABRIEL CURTY, da Granja Viana
 João Rosate (Foto: Fábio Oliveira/Radical Motors)

O domínio de João Rosate na Seletiva de Kart Petrobras 2017 segue impressionante. Nesta quarta-feira (1), o goiano voltou a fazer valer a pole e venceu novamente na primeira corrida da final na Granja Viana, ficando ainda mais perto do título.
 
Atrás de Rosate chegou Murilo Coletta, que fez sua melhor corrida no dia e conseguiu superar Lucas Okada pelo segundo lugar. Coletta, aliás, começou a encaminhar sua presença na premiação dos três primeiros, já que vem em terceiro no geral e Okada, que é o segundo, já participou do programa e só vai repetir o feito se for campeão.
 
Vinicius Ponce manteve a boa forma e andou o tempo inteiro muito próximo do top-3, cruzando a linha final em quarto e mantendo as chances de ir à premiação como melhor estreante.
 
Neste momento, quem ocupa o posto é Enzo Elias, que abandonou a corrida após um acidente com Arthur Leist ainda na terceira volta. Agora, os pilotos voltam para a disputa da segunda final, com 11 pontos para o vencedor.
João Rosate venceu a primeira da final (Foto: Divulgação)
Classificação parcial:
 
1- João Rosate (GO) - 39
2- Lucas Okada (DF) - 34
3- Murilo Coletta (SP) - 26
4- Enzo Elias (DF) - 25
5- Vinicius Ponce (SP) - 23
6- Arthur Leist (RS) - 18
 
Confira como foi a primeira prova da final da Seletiva
 
João Rosate aproveitou a pole e pulou na frente assumindo a dianteira da primeira corrida da final da Seletiva. No segundo lugar, Murilo Coletta mergulhou e superou Lucas Okada para virar segundo.
 
Rosate, mais uma vez, tratou de abrir frente na primeira posição, com Coletta ficando tranquilo na segunda posição, sem ser ameaçado por Okada, que começava a ter trabalho com o quarto colocado Vinicius Ponce. 
 
Na terceira volta, um acidente que tirou dois pilotos da disputa da primeira prova. Enzo Elias e Arthur Leist se acharam na segunda curva e acabaram abandonando. 
 
Com um ritmo melhor a cada volta, Rosate cravava no 11º giro sua melhor volta, um pouco mais alta que as registradas por Okada e Ponce, que brigavam duro pelo terceiro lugar.
 
Aliás, a briga entre os dois acabou beneficiando Coletta, que ficou de vez sozinho na segunda posição. Porém, o ritmo do paulista não era bom o bastante para buscar Rosate, que partiu para mais uma vitória tranquila. No fim, foi mesmo de Okada o terceiro posto, com Ponce fechando a turma.
 
FORÇA DE VETTEL VALORIZA TÍTULO

É UM PRIVILÉGIO VER HAMILTON CHEGANDO AO TETRA NO AUGE