Seletiva BR

Grande final da Seletiva de Kart Petrobras conta com oito estreantes e pilotos de quatro regiões do Brasil

A disputa da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras começa nesta segunda-feira na Granja Viana. Dos 12 finalistas, a maioria é estreante: oito no total
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 A quarta-feira marcou a coroação do novo campeão da Seletiva de Kart Petrobras (Foto: Fábio Oliveira/Radical Motors)
A final da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras está chegando. Nos próximos dias 22 e 23, no kartódromo da Granja Viana, os 12 pilotos selecionados disputam a maior premiação da modalidade no país. 
 
Dentre os pilotos que já tiveram passagens pelo torneio, a maioria teve a Stock Car como destino. Lá estão quatro dos campeões da Seletiva: Júlio Campos (2000), Sérgio Jimenez (2001), Rafael Suzuki (2007) e Felipe Fraga (2010), esse último também se sagrou campeão na Stock em 2016.
 
Outros nomes que marcaram presença na Seletiva também têm ou tiveram carreiras internacionais. Matheus Leist, atualmente na Indy, foi vice-campeão da Seletiva em 2013 e terceiro colocado em 2014. O ex-F1 Felipe Nasr e o vencedor das 24 Horas de Daytona e 12 Horas de Sebring Pipo Derani concorreram em 2008. Bia Figueiredo, ex-Indy e hoje na Stock Car, foi vice-campeã em 2003.
 
Nesta segunda-feira (22) começa a disputa para definição do mais novo campeão da Seletiva.  Será o primeiro dia de atividades da final de 2018, com a programação se encerrando na terça-feira.  As disputas acontecerão no kartódromo da Granja Viana, em Cotia, que será palco da decisão pela oitava vez e foi também onde tudo começou, em 1999, ano em que Danilo Dirani tornou-se o primeiro campeão.
A Seletiva de Kart Petrobras tem 12 finalistas (Foto: Fábio Oliveira/Radical Motors)
Em busca da maior premiação do kartismo nacional, estarão 12 dos melhores pilotos da categoria Graduados, selecionados ao longo do ano nos principais campeonatos nacionais: Pedro Goulart, Allan Martins Croce, Guilherme Peixoto, Dante Fibra, Nicolas Fliter, Marcos Gonçalves Filho, Enzo Prando, Christian Fliter, Lucas Okada, Gabriel Paturle e Silva, Victor Schoma e Pedro Lopes.
 
A final contará com representantes de quatro regiões do Brasil, sendo quatro estados e mais o Distrito Federal: Nordeste (Maranhão), Centro-Oeste (Brasília), Sudeste (São Paulo e Minas Gerais) e Sul (Rio Grande do Sul). Neste ano, o número de estreantes é maior, são oito. Os outros quatro tentarão o título novamente. Victor Schoma (SP), que ficou em oitavo em 2016, tenta pela segunda vez. Já Pedro Goulart (RS), Lucas Okadas (DF) e Gabriel Paturle (MG) estão na terceira tentativa. Okada foi o que mais se aproximou, ficando em segundo nas edições de 2016 e 2017. Goulart foi oitavo ano passado e sétimo em 2016. E o mineiro Gabriel Paturle ficou em sétimo em 2017 e em décimo em 2016.
 
“Acredito que teremos novamente uma final muito forte. Temos os melhores da temporada reunidos e, neste ano, diferente de outras edições, os estreantes estarão em maior número, são oito, enquanto que os veteranos são quatro. A expectativa é muito positiva e não vejo a hora da final começar. Estou certo de que será mais uma decisão cheia de emoção e nosso objetivo continua sendo o de fazer com que o talento destes pilotos se sobressaia. Outra coisa que me deixa feliz é contar com a presença de pilotos de várias regiões do Brasil, pois este é um dos objetivos primordiais da Seletiva ao longo destes 19 anos, poder ajudar a fortalecer o kartismo no país todo”, destacou Binho Carcasci, organizador e idealizador da Seletiva.
 
O campeão da Seletiva 2018 levará o prêmio de R$ 100 mil e o vice de R$ 10 mil. Além disso, os vencedores participarão de um programa de orientação que inclui a visita à sede da McLaren, em Woking, na Inglaterra, testes em equipe de F4 na Europa, experiência em simulador de F1, teste na Stock Light, avaliação física e psicológica, media training e palestra sobre marketing esportivo.
 
A programação da final da 20ª edição começa na segunda-feira com o warm-up a partir das 9h45. Neste primeiro dia, também acontecem três tomadas de tempo, a partir das 10h15. Na terça-feira, o evento também terá início com um warm-up às 9h e o início das corridas às 10h. O evento está previsto para terminar às 17 horas.