Seletiva BR

Finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2018: Nicolas Fliter, paulista, 17 anos

Nicolas Fliter tem 17 anos e conquistou a vaga para a final da Seletiva de Kart Petrobras na etapa classificatória do Maranhão. O paulista sonha com o teste de Stock Light para começar a carreira no turismo brasileiro
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 A Seletiva de Kart Petrobras vai ao Maranhão (Foto: Divulgação/Radical Motors)
O paulista Nicolas Fliter, de 17 anos, é um dos finalistas da edição histórica de 20 anos da Seletiva de Kart Petrobras. Ele conquistou a vaga na segunda etapa classificatória, realizada no final de agosto no Maranhão. 
 
Nicolas é estreante na disputa e está animado para a grande final, na competição que considera importante na formação dos pilotos brasileiros. O jovem sonha em ingressar na Stock Car brasileira, e diz que seu foco está em conquistar esse objetivo. 
 
Desta forma, Fliter quer, especialmente, o teste de Stock Light dentre todos os prêmios disponíveis para os melhores colocados na decisão da Seletiva na Granja Viana.
Nicolas Fliter se classificou para a final no Maranhão (Foto: Fabio Oliveira)
Ficha Técnica:
Nome: Nicolas Fliter
Data de nascimento: 17/09/2001 
Local de nascimento: São Paulo
Ano de estreia no Kart: 2014
 
Principais resultados:
 
Vice-Campeão do SKB 21 (2016)
Vice-Campeão Copa São Paulo Light (2015) 
Vice-campeão da Copa Rotax (2017)
Vice-campeão Norte-Brasileiro de kart (2018)
Campeão da Copa itu de kart (2014)
Campeão Paulista de Kart (2017)
Vice-campeão da Copa do Brasil (2017)
 
Como foi a etapa em que você conquistou a vaga para a final? 
 
Fomos para o Maranhão com o objetivo de garantir a vaga. Quando cheguei lá, tive problemas técnicos com o kart na tomada e na prova 1. Mesmo assim, consegui me manter nas primeiras posições. Terminei em quarto a primeira prova. Para a segunda prova, conseguimos arrumar os problemas no kart e liderei de ponta a ponta para vencer. Em resumo, fomos para o Maranhão com o objetivo da vaga e alcançamos esse e ainda levamos a vaga para correr o Mundial de Kart na Suécia.
 
Como você está se preparando para a final da Seletiva? 
 
Comecei meus preparos faz um tempo. Além de treinar com um equipamento com motor Biland, o mesmo que será usado na final, estou constantemente treinando na Granja Viana. Por fim, estou melhorando minhas fraquezas dentro dos requisitos e estrutura da competição.
 
Qual é o seu objetivo no automobilismo? Onde espera chegar nos próximos cinco anos?
 
Meu plano é continuar no automobilismo e me esforçar ao máximo. Meu plano é para focar no automobilismo nacional, na Stock Car. O caminho é fazer a Sprint Race, depois a Stock Light e, por fim, a tão sonhada Stock Car.
 
Se for campeão, já sabe o que vai fazer com o prêmio?
 
Vou usufruir o máximo e aprender muito também. Estou muito ansioso pelo prêmio do treino de Stock Light, justamente porque esse é o foco da minha carreira.
 
Quais competições disputou em 2018?
 
Disputei o Campeonato Paulista de Kart e o Campeonato Brasileiro e o Norte-Brasileiro.
 
Tem participações anteriores na Seletiva de Kart Petrobras? Se sim, em que ano e qual colocação ficou?
 
Não, será minha primeira vez.
 
O que significa a Seletiva de Kart Petrobras para você? 
 
É uma grande oportunidade de aprender e aumentar meu nível como piloto e como pessoa. É um grande campeonato que proporciona grandes mudanças no meio nacional e mundial. Espero poder usar essa oportunidade ao máximo. E quero agradecer ao Binho por dar essa chance aos kartistas, com o apoio que dá ao kartismo brasileiro.