Seletiva BR

Finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2018: Enzo Prando, paulista, 19 anos

Enzo Prando tem 19 anos e espera contar com a vantagem de já ter sua equipe instalada na Granja Viana para começar forte a decisão da 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Etapa da Seletiva Petrobras, em Aldeia da Serra (Foto: Nicola Pizarro)
Enzo Prando é um dos pilotos mais velhos da final da histórica 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras. No entanto, o paulista de 19 anos é estreante na competição e nutre um sonho bem comum entre seus rivais: conseguir se manter no automobilismo nos próximos anos.
 
A conquista da vaga de Prando aconteceu na etapa classificatória de Aldeia da Serra. Com sua equipe instalada no kartódromo da Granja Viana, Enzo crê que pode tirar uma vantagem em cima dos rivais.
 
A grande final da Seletiva de Kart Petrobras 2018 acontece já na próxima semana em Cotia, entre os dias 22 e 23.
Enzo Prando buscou a vaga em Aldeia da Serra (Foto: Nicola Pizarro)
Ficha Técnica:
Nome: Enzo Prando
Data de nascimento: 06/08/1999 
Local de nascimento: São Paulo
Ano de estreia no Kart: 2011
 
Principais resultados:
 
3° lugar no Festival Brasileiro Rotax 2015 (Categoria Rotax Júnior)
Campeão Paulista 2016 (Categoria Sprinter)
Campeão Copa São Paulo Light 2016 (Categoria Sprinter)
Vice-Campeão Brasileiro 2016 (Categoria Novatos)
Vice-Campeão Copa Brasil 2016 (Categoria Novatos)
3° lugar Brasileiro de Rotax 2017 (Categoria Rotax Max)
Campeão Open do Campeonato Brasileiro 2018 (Categoria OK Internacional)
3° lugar Sul-Americano de Kart Rotax 2018 (Categoria Rotax Max)
 
Como foi a etapa em que você conquistou a vaga para a final?
 
Conseguimos a vaga para a final em uma etapa muito disputada. Viemos muito focados para a disputa da Copa São Paulo Light visando a conquista dessa vaga, mas sabíamos da dificuldade por conta do alto nível do campeonato. Fomos os mais rápidos no último treino da sexta-feira e percebemos que a chance de disputar um lugar entre os três selecionados seria grande. Apesar de uma tomada de tempo não muito favorável, em quinto, nos concentramos para a corrida e conseguimos garantir a vaga logo na primeira bateria com uma boa vitória. Depois disso, continuamos o final de semana mais tranquilos e ainda conseguimos o título da Copa Petrobras Sorriso Campeão, provando nosso bom desempenho.
 
Como você está se preparando para a final da Seletiva? 
 
A preparação para a final da Seletiva já começou para nós. Sabemos da nossa vantagem por termos a equipe instalada no kartódromo da Granja Viana e vamos aproveitar essa vantagem para começar nossos testes, principalmente trabalhando na questão da libra, que sempre foi fundamental nas disputas da Seletiva.
 
Qual é o seu objetivo no automobilismo? Onde espera chegar nos próximos cinco anos?
 
Por enquanto sigo focado no kartismo, com uma série de objetivos ainda para serem conquistados no futuro. É difícil prever meu futuro nos próximos cinco anos, sem dúvidas passarei por um período importante de transição que pode moldar minha possível carreira no automobilismo e a Seletiva de Kart Petrobras pode alterar drasticamente esse cenário.
 
Se for campeão, já sabe o que vai fazer com o prêmio?
 
Ainda não pensei na questão do prêmio, precisamos trabalhar para ser competitivos antes de pensar nas recompensas. Apesar disso, a premiação vai ser fundamental para o investimento da carreira no automobilismo e, sem dúvidas, deve ter certa porcentagem voltada para a equipe.
 
Quais competições disputou em 2018?
 
O ano de 2018 foi bem movimentado até agora, participamos do Sul-Americano de Rotax no primeiro semestre e do Open do Campeonato Brasileiro, onde vencemos pela categoria OK Internacional. No segundo semestre, participamos de dois Campeonatos Brasileiro distintos, um pela categoria OK Internacional, finalizando no top-10, depois de uma disputa pelo pódio, e também pela categoria Rotax Max, finalizando na quinta posição depois de largar da última fila. Além disso, terminamos empatados na liderança da Copa Rotax disputada dentro da Copa São Paulo KGV, mas acabamos na segunda colocação nos critérios de desempate.
 
Tem participações anteriores na Seletiva de Kart Petrobras? Se sim, em que ano e qual colocação ficou?
 
É meu primeiro ano disputando campeonatos pela categoria graduados, por conta disso, nunca participei da Seletiva.
 
O que significa a Seletiva de Kart Petrobras para você?
 
Para mim, a Seletiva de Kart Petrobras significa a manutenção de um sonho. Todos sabemos das dificuldades de permanecer competindo no automobilismo e uma boa participação na Seletiva pode mudar a carreira de qualquer piloto que busca alcançar seus objetivos.