Seletiva BR

Finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2018: Christian Fliter, paulista, 17 anos

Christian Fliter conquistou uma das 12 vagas na final da edição de 2018 da Seletiva de Kart Petrobras na etapa classificatória de Aldeia da Serra. Agora, sonha com o prêmio para iniciar a transição para os carros
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Etapa da Seletiva Petrobras, em Aldeia da Serra (Foto: Nicola Pizarro)
Christian Fliter está entre os finalistas da histórica 20ª edição da Seletiva de Kart Petrobras. Com bons resultados no Paulista, no Brasileiro e no Sul-Americano, o paulista de 17 anos aposta na competição para conseguir fazer a transição do kart para os carros.
 
Fliter coloca como meta a ida para a Stock Car nos próximos anos. Desta forma, pensa em conquistar uma oportunidade em uma das categorias de acesso como Stock Light e Sprint Race, ou mesmo na Porsche Cup.
 
As últimas três vagas para finalistas serão definidas na Copa Brasil de Kart, que acontece em Vespasiano, Minas Gerais, no sábado (13). Depois, é só preparação dos 12 finalistas até a grande final, que acontece entre os próximos dias 22 e 23.
Christian Fliter se classificou em Aldeia da Serra (Foto: Nicola Pizarro)
Ficha Técnica:
Nome: Christian Fliter
Data de nascimento: 17/09/2001 
Local de nascimento: São Paulo
Ano de estreia no Kart: 2014
 
Principais resultados:
 
2015 - 3º colocado no campeonato Paulista de Kart
2016 - Vice-campeão brasileiro 
2016 - Vice-campeão Paulista de Kart
2017 - Vice-campeão Brasileiro de Kart (Júnior)
2018 - Vice-campeão Brasileiro de Kart Rotax
2018 - Pole e 3º colocado Campeonato Brasileiro de Kart 
2018 - 4º colocado Campeonato Sul-americano de Kart
 
Como foi a etapa em que você conquistou a vaga para a final?
 
Foi uma etapa de superação, onde eu comecei fazendo a pole na classificação. Na primeira corrida, estava ultrapassando o segundo colocado quando acabei sofrendo um toque por trás e rodei. Minha chance de ganhar a vaga para a Seletiva era somente ganhando a corrida 2. Assim, alinhei na última posição para a corrida 2 e foi uma prova emocionante. Eu consegui passar todos os meus adversários e cruzar a linha de chegada na primeira colocação para garantir a vaga da Seletiva de Kart Petrobras.
 
Como você está se preparando para a final da Seletiva?
 
Eu venho me preparando fisicamente, com treinos que trabalham a musculatura usada na pilotagem e que ajudam na resistência para as corridas. Mentalmente, faço exercícios mentais de coordenação motora e foco para as corridas e relaxamento mental. Estou treinando toda semana na Granja Viana, testando com o kart usado na Seletiva para buscar o meu melhor desempenho.
 
Qual é o seu objetivo no automobilismo? Onde espera chegar nos próximos 5 anos?
 
Meu objetivo é ser um piloto profissional de carro, estou fazendo a transição do kart para os carros esse ano e espero ingressar em uma categoria de acesso ano que vem, como a Sprint Race, Porsche Cup ou a Stock Light, que são portas de entrada para a Stock Car e categorias de turismo internacional.
 
Se for campeão, já sabe o que vai fazer com o prêmio?
 
Pretendo usar o prêmio da Seletiva para ingressar em uma categoria de turismo no Brasil e dar início a minha carreira profissional nos carros.
 
Quais competições disputou em 2018?
 
Nesse ano, eu participei do Campeonato Sul-americano de Kart, em que fui quarto colocado, do Campeonato Brasileiro de Kart, em que eu fiz a pole na categoria e fui terceiro colocado. Ainda disputei o Campeonato Brasileiro de Kart Rotax, em que também fiz a pole e terminei como vice-campeão. Também fiz algumas etapas do Campeonato Paulista de Kart como preparação para o Brasileiro de Kart e Sul-americano de Rotax
 
Tem participações anteriores na Seletiva de Kart Petrobras? Se sim, em que ano e qual colocação ficou?
 
Será meu primeiro ano participando da Seletiva.
 
O que significa a Seletiva de Kart Petrobras para você? 
 
A Seletiva de Kart Petrobras, pra mim, é uma oportunidade a todos os pilotos classificados de darem início a suas carreiras profissionais nos carros e, pra quem já corre de carro, poder subir de categoria. Pra mim, a Seletiva é uma competição que definirá o piloto mais consistente na pista e fora dela e que terá o prêmio como uma chance de fazer a transição do kart para os carros e, assim, iniciar a sua carreira profissional.