Seletiva BR

Finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2017: Pedro Goulart, gaúcho, 17 anos

Consagrado como um dos principais kartistas do país na atualidade, Pedro Goulart vem embalado por uma temporada que marcou a conquista do Campeonato Brasileiro de Kart na classe Graduados. Agora, na sua segunda participação na final da Seletiva de Kart Petrobras, o gaúcho já tem uma máxima: passar longe dos erros
Warm Up / FERNANDO SILVA, de Sumaré
 Pedro Goulart na Seletiva de Kart Petrobras em Penha (Foto: Bruno Gorski)

Pedro Goulart está de volta à disputa da final da Seletiva de Kart Petrobras. Nascido em Porto Alegre, o jovem talento de 17 anos vem de dois anos muito positivos no kartismo nacional. Na temporada passada, faturou o título do Super Kart Brasil, tornou-se campeão brasileiro na classe Sudam e vice da Graduados. Como prêmio pela conquista nacional, Goulart ganhou da CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) a chance de fazer uma temporada completa na F3 Brasil, na categoria Academy. 
 
No entanto, mesmo voltando a maior parte do seu tempo para os monopostos, o gaúcho segue competitivo no kart. Em 2017, durante a campanha que resultou no título do Campeonato Brasileiro de Kart em Penha (SC), na categoria Graduados, Goulart assegurou também uma vaga na decisão da Seletiva de Kart Petrobras. A final está marcada para os dias 31 de outubro e 1º de novembro no tradicional Kartódromo da Granja Viana, em Cotia, região metropolitana de São Paulo.
 
Em sua primeira participação na Seletiva de Kart Petrobras, no ano passado, Goulart terminou na sétima posição. Agora, mais amadurecido com a experiência na F1 e com o título do Brasileiro de Kart, o piloto chega como um dos credenciados ao título da 19ª edição e consequentemente aos prêmios em jogo.
 
A Seletiva de Kart Petrobras vai distribuir cerca de R$ 350 mil, sendo: R$ 85 mil ao vencedor, além de um programa de orientação que compreende teste em um simulador de F1 em Modena, na Itália; teste com um F4 em Pavia, também na Itália; teste com carro de turismo no Brasil; um dia de treinamento físico e psicológico; palestra sobre marketing esportivo e media training.
Pedro Goulart avançou à final da Seletiva de Kart Petrobras pela segunda vez (Foto: Bruno Gorski)
FICHA TÉCNICA
 
Nome: Pedro Goulart, 17 anos
Data de nascimento: 26 de julho de 2000;
Local de nascimento: Porto Alegre (RS);
Ano de estreia no kart: 2013;
 
Principais resultados: 
Temporada 2017: Campeão Brasileiro de Kart, categoria Graduados;
Temporada 2016: Campeão Brasileiro de Kart, categoria Sudam; vice-campeão do Brasileiro de Kart, categoria Graduados; campeão do Super Kart Brasil;
 
O que fez em 2017: F3 Brasil Academy; Copa SP Light de Kart; Campeonato Brasileiro de Kart.
 
Participações anteriores na Seletiva: Segunda vez. Ficou em sétimo na primeira participação, em 2016.
 
 
Essa será sua segunda participação na Seletiva de Kart Petrobras. Como é para você ter novamente essa oportunidade?
 
Estou muito feiz em ter conseguido a vaga mais um ano, ainda mais vindo com o título de campeão brasileiro da Graduados.
 
 
Quais aprendizados você traz da sua experiência anterior como finalista da Seletiva de Kart Petrobras?
 
A Seletiva de Kart Petroobras é muito disputada. Qualquer erro pode comprometer todo o fim de semana. Então é preciso prestar bastante atenção ao regulamento e não cometer erros.

 
 
Você foi o campeão brasileiro de kart na categoria Graduados. Como foram os dias de disputa para chegar ao título?
 
Sempre mostramos que estávamos muito rápidos desde o início dos treinos. Consegui fazer a pole na tomada de tempos e fiquei as duas primeiras provas entre os cinco primeiros. Na terceira bateria, cometi um erro e não completei a prova, o que me fez largar de oitavo na final. O kart estava muito rápido e, apesar das dificuldades, nunca desisti. Sempre achei que dava pra ganhar, e ainda bem que deu tudo certo.
 
 

Você foi um dos primeiros selecionados para a grande final. Do que viu, como imagina que será o nível da disputa neste ano?
 
Todo ano sempre tem pilotos de altíssimo nível. Tenho certeza que esse ano não vai ser diferente.
 
 
Quais suas próximas competições até a final em novembro?
 
Atualmente estou mais focado nos fórmulas. Estou correndo na F3 Academy, mas ainda vou participar de algumas etapas da Copa SP Light de Kart.
 
 
Como vai se preparar para disputar pela segunda vez a final da Seletiva de Kart Petrobras?
 
Vou dar uma lida no regulamento outra vez para não cometer os mesmos erros.
STROLL RACING?

WILLIAMS PARECE SE DOBRAR ÀS VONTADES DE UM MAGNATA. O QUE É TRISTE