Seletiva BR

Final da Seletiva de Kart Petrobras começa com primeira tomada de tempos e seis duelos na Granja Viana

A primeira tomada de tempos da finalíssima da Seletiva de Kart Petrobras ocorreu na manhã desta terça-feira no kartódromo da Granja Viana, em Cotia (SP). Os pilotos foram divididos em seis duplas para alcançarem a melhor volta possível em cinco minutos na pista
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Vinicius Ponce na primeira tomada de tempo da final da Seletiva de Kart (Foto: Divulgação)

A finalíssima da 19ª Seletiva de Kart Petrobras teve início na manhã desta terça-feira (31) com a primeira tomada de tempos dos 12 finalistas da competição. Eles foram divididos em seis duelos, com dois indo à pista, por cinco minutos, com o mesmo kart, buscando o melhor tempo possível - a melhor volta de cada valeu para a pontuação.

Ainda nesta terça, durante a tarde, outras duas tomadas de tempo serão realizadas. Na quarta-feira, dia 1º, acontece outro treino de aquecimento no começo da manhã e o início das baterias eliminatórias, com previsão de encerramento da disputa por volta das 17h.

Nesta primeira tomada de tempos, o piloto que fizer o melhor tempo marca seis pontos, ao passo que o de pior tempo marca três. Na segunda tomada de tempos, todos os 12 finalistas utilizam o mesmo kart para dar uma única volta lançada. O mais rápido marca seis pontos; o segundo, quatro; o terceiro, três, e assim sucessivamente. Na terceira, novamente são formadas seis duplas, que entram na pista para marcar seis voltas cronometradas. O piloto que fizer o percurso no menor tempo acumula mais seis pontos.
Gabriel Paturle na primeira tomada de tempo da final da Seletiva (Foto: Divulgação)
Nesta manhã, os duelos foram os seguintes:
Edgar Bueno x João Rosate – Vencedor: Rosate
Murilo Coletta x Vinícius Ponce – Vencedor: Coletta
Gabriel Paturle x Pedro Gurgacz – Vencedor: Paturle
Pedro Goulart x Lucas Okada – Vencedor: Okada
Sergio Crispim x Lucas Grosskopf – Vencedor: Grosskopf (Crispim está no exterior e chegará com a disputa já em andamento para participar da final) 
Arthur Leist x Enzo Elias – Vencedor: Elias

A pontuação obtida nas três tomadas de tempo vai definir o grid de largada da primeira bateria eliminatória. Nesta prova, os pilotos são divididos em três grupos de quatro pilotos. O último colocado de cada um desses grupos tem ainda uma chance em uma repescagem, e dela, só o vencedor avança. Os dois últimos são eliminados da disputa.

Na segunda eliminatória, dois grupos de cinco pilotos são formados. Nesta disputa, avançam os dois melhores de cada grupo e o que tiver a maior pontuação global, também. Os cinco restantes disputam outra repescagem, com o melhor dela garantindo a última vaga para a final.

O campeão 19ª edição da Seletiva de Kart Petrobras sai após a final, com seis pilotos: aquele que, ao fim de todas as sessões, obtiver o maior número de pontos.
VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?