Seletiva BR
27/10/2017 11:30

De Senna e Hamilton a Fraga e Leist: quem são os ídolos dos finalistas de 2017 da Seletiva Petrobras de Kart

A nova geração de pilotos brasileiros que se apresenta na Seletiva de Kart Petrobras também tem seus ídolos e espelhos. Os nomes, desde os óbvios Ayrton Senna, Michael Schumacher e Lewis Hamilton, vão até ps também jovens Felipe Fraga e Matheus Leist. Passando até por Daniel Ricciardo. É uma vasta lista
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Arthur Leist é um dos finalistas da Seletiva de Kart Petrobras 2017 (Foto: Bruno Gorski)

A grande final da Seletiva de Kart Petrobras reúne alguns dos mais talentosos pilotos da próxima geração do esporte a motor nacional. É comum - quase obrigatório -, porém, que cada um desses jovens tenha um ídolo no esporte. Ao menos algum outro piloto em quem se inspiram. 
 
No caso dos finalistas de 2017, Ayrton Senna e Lewis Hamilton são previsivelmente os dois nomes mais citados entre os idolatrados. Matheus Leist e Felipe Fraga aparecem ao lado de Daniel Ricciardo e algumas lendas do esporte, como Michael Schumacher, Juan Manuel Fangio, Alain Prost e Nigel Mansell.

Confira a lista de idolatria dos finalistas da Seletiva Petrobras de Kart 2017:
A próxima geração de pilotos brasileiros se encontra na Seletiva de Kart Petrobras (Foto: Fabio Oliveira/Radical Motors)
Pedro Goulart: Gosto muito do Lewis Hamilton e do Sebastian Vettel. Já ídolo do passado o Ayrton Senna. 
 

Arthur Leist: Meu ídolo da atualidade é meu irmão, o Matheus que neste ano correu de Indy Lights. Sempre me espelho nele. E do passado o Ayrton Senna. 
 
Edgar Bueno: Meu maior ídolo, apesar de não ter vivido em sua época é Ayrton Senna, tenho uma coleção CDs com todas as corridas dele é um mito. Admiro muito também alguns pilotos da Stock Car, como por exemplo: o Felipe Fraga que saiu do kart e foi campeão no ano passado.  
 
Gabriel Paturle: Do passado é Ayrton Senna; dos dias atuais, Lewis Hamilton. 
 
Lucas Grosspokf: Meu ídolo da atualidade é o Lewis Hamilton, até pela forma que ele conseguiu chegar à F1, batalhou muito, mereceu e conseguiu. Meu grande ídolo do passado é sem dúvida o Senna, pela forma que conquistou as coisas, não só nas pistas, mas com as pessoas também, todo mundo até hoje fala e lembra dele, é um ídolo no automobilismo em todos os lugares. 
 
Lucas Okada: Atualmente o meu ídolo é Daniel Ricciardo e do passado é o Ayrton Senna.   
 
Enzo Elias: Me espelho bastantes no Lewis Hamilton, acredito que ele tenha uma das maiores virtudes que um piloto possa ter que é a capacidade de conhecer todas as reações de seu carro e realizar "a volta" na hora exata. Não tenho como não colocar o Ayrton Senna em primeiro dos meus ídolos, mas claro que existem outros grandes nomes que admiro como Alan Prost, Nigel Mansel, Nelson Piquet, entre outros. 
Lewis Hamilton e Ayrton Senna são duas escolhas populares no ranking da idolatria (Foto: Divulgação/F1)
Vinícius Ponce
: Não tive a oportunidade de assistir as corridas do Senna, mas cresci vendo vídeos e sempre escutei meu pai e amigos falando dele, Senna para mim é incomparável, já na atualidade admiro muito o estilo de pilotagem do Lewis Hamilton, o cara está mandando muito na F1 atual.

João Rosate: Quando se fala em ídolos, eu só penso em Schumacher, Senna, Fangio... Acho que os ídolos da atualidade tem que ser vistos por mim como os próximos a serem batidos.  
 
Murilo Della Coletta: Meus ídolos não são pilotos e sim meus pais, mas sem dúvida admiro muito e gostaria de chegar a um nível igual ao de Senna.

Pedro Gurgacz: Da atualidade Lewis Hamilton. Do passado Ayrton Senna, Alain Prost. 

Sérgio Crispim: Hoje em dia é o Lewis Hamilton, e antigamente não tem como negar o grande Ayrton Senna.

A Final da Seletiva está marcada para os dias 31 de outubro e 1º de novembro. Antes disso, porém, a etapa da Copa Brasil de Kart, em João Pessoa, define últimas vagas da decisão.

VIGIAR E PUNIR

COM GALID OSMAN, PADDOCK GP #101 QUESTIONA: VERSTAPPEN MERECEU PUNIÇÃO EM AUSTIN?