Rali

Ogier vê Meeke sofrer acidente e vence Rali do México com folga. Loeb é 5º no retorno ao WRC

Kris Meeke parecia ser o único capaz de desafiar Sébastien Ogier no último dia do Rali do México. Mas um acidente custou tempo e facilitou a vida de Ogier, vencedor e agora líder do WRC. Sébastien Loeb teve problemas e ficou em 5º
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Sebastien Ogier comemora a vitória no México (Foto: Red Bull Content Pool)

Deu tudo certo para Sébastien Ogier no último dia do Rali do México, neste domingo (11). O francês, além de ter um dia livre de problemas, viu adversários diretos perderem terreno – além de Dani Sordo e Sébastien Loeb perderem terreno, Kris Meeke sofreu um acidente. Desse jeito, ficou fácil: o atual campeão do Mundial de Rali terminou com 1min13s de vantagem sobre a concorrência.
 
O acidente de Meeke, em que o Citroën tombou de lado, foi particularmente decisivo. O britânico estava em segundo no começo do dia, 35s atrás e sonhando com uma virada de última hora. O acidente não só tornou a vitória impossível como também custou posição – Sordo, mesmo sem o ritmo do começo da etapa, subiu para segundo. Meeke se contentou com terceiro.
Sebastien Ogier (Foto: Red Bull Content Pool)

O quarto lugar ficou com Andreas Mikkelsen, não muito atrás de Meeke. O top-5 ficou completo com Loeb. De volta ao Mundial de Rali, o lendário piloto não teve vida fácil: um pneu furado se provou muito custoso, deixando-o 2min34s atrás de Ogier. Thierry Neuville, que se complicou já no primeiro dia, ficou em sexto e perdeu a liderança do campeonato.
 
O resultado deixa Ogier como líder do WRC, somando 60 pontos. Neuville chega aos 51 e aparece em segundo. Os dois já aparecem bem à frente do terceiro colocado, Mikkelsen, com 34.
 
ENQUANTO A MERCEDES RESPIRA CALMARIA

CONCORRÊNCIA MOSTRA ARES DE PREOCUPAÇÃO