Rali
28/01/2018 13:13

Ogier confirma favoritismo e começa luta pelo hexa do WRC com quinta vitória consecutiva no Rali de Monte Carlo

Sébastien Ogier venceu pela quinta vez a mais tradicional etapa do calendário do WRC. Na abertura da temporada 2018, o pentacampeão do mundo levou, ao lado do navegador Julien Ingrassia, o título do Rali de Monte Carlo com quase um minuto de vantagem para o segundo colocado, o estoniano Ott Tänak, da Toyota. Também da Toyota, Jari-Matti Latvala fechou o pódio
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Sébastien Ogier faturou a quinta vitória consecutiva no Rali de Monte Carlo (Foto: M-Sport)

Entra ano, sai ano e, desde 2014, uma coisa não muda no Mundial de Rali: Sébastien Ogier começou novamente a temporada no topo do pódio. Ao lado do inseparável navegador Julien Ingrassia, o pentacampeão mundial confirmou seu favoritismo e, sem adversários à altura, confirmou a conquista do Rali de Monte Carlo na manhã deste domingo (28). Foi a quinta vitória consecutiva de Ogier e Ingrassia no Principado e a 41ª da carreira no Mundial de Rali. Um belo início de temporada com a M-Sport Ford na luta direta contra os rivais da Toyota e Hyundai, principalmente, enquanto a Citroën ficou um pouco mais abaixo neste fim de semana.
 
A vantagem final entre Ogier e o segundo colocado, Ott Tänak, reflete bem o que foi o Rali de Monte Carlo: o pentacampeão do mundo ficou 58s3 à frente do estoniano, que fez um bom rali e lutou até o fim mesmo depois de enfrentar seus percalços ao longo da prova. Tänak se manteve em segundo desde o início da prova e foi o melhor posicionado da Toyota em Monte Carlo. Latvala fechou em terceiro, mas com 1min52s de atraso para seu ex-companheiro de equipe na Citroën.
Sébastien Ogier e Julien Ingrassia festejam a primeira vitória em 2018 no WRC (Foto: M-Sport)
Ogier começou o domingo vencendo a primeira especial do dia, de 18,41 km, com vantagem de 2s5 para Thierry Neuville, da Hyundai, enquanto Esapekka Lappi, que corre com outro Toyota Yaris, foi o terceiro, 7s8. Tänak foi o quarto, 11s5 atrás de Ogier, que ficava cada vez mais perto da vitória em Monte Carlo. Aí coube ao francês administrar a ótima vantagem para o adversário, tanto que o pentacampeão sequer forçou o ritmo para vencer as especiais seguintes, que foram vencidas por Neuville. A etapa final, o Power Stage, foi vencido por Kris Meeke, da Citroën, com Neuvile em segundo e Andreas Mikkelsen em terceiro. 
 
Mas, em que pese o resultado ter sido novamente reflexo de um grande rali, engana-se quem imagina que Ogier teve uma jornada fácil. “Foi um fim de semana difícil. Em Monte Carlo, você tem de enfrentar condições difíceis, mas neste ano foi extremamente difícil”, relatou o piloto em entrevista ao site do WRC logo após o fim da prova.
 
“Nunca tive tantas dificuldades com a escolha dos pneus, mas no fim das contas nós vencemos e estou muito feliz por esse resultado. Preciso agradecer à equipe por outro bom começo de temporada. Todos os pilotos cometeram erros neste fim de semana, e eu também, porém foram menos”, destacou o vencedor do fim de semana.
Festa para Ogier, Ingrassia e a M-Sport no Rali de Monte Carlo (Foto: M-Sport)
Tänak, que mudou de equipe depois de fazer a última temporada como companheiro de Ogier na M-Sport, ficou bastante satisfeito com o resultado obtido no Principado. “Estou muito eliz. É um grande alívio começar a temporada desta forma. Sempre há alguma empolgação quando você troca de equipe, e não tinha ideia do que me esperava, de modo que obter esse resultado é um grande alívio”, comemorou.
 

Meeke confirmou o quarto lugar para a Citroën e superou Neuville, que teve uma sexta-feira complicada com um furo no pneu, mas conseguiu uma recuperação boa o bastante para fechar em quinto. Elfyn Evans, companheiro de equipe de Ogier na M-Sport Ford, foi o sexto, seguido por Esapekka Lappi. Bryan Bouffier, francês que neste fim de semana correu pela M-Sport, foi o oitavo, à frente de Craig Breen, da Citroën. O veterano tcheco Jan Kopecky, que corre pela Skoda, completou a lista dos dez primeiros colocados do Rali de Monte Carlo.
 
A segunda das 13 etapas da temporada 2018 do Mundial de Rali está marcada para os dias 16 a 18 de fevereiro e também terá como cenário principal a neve no não menos tradicional Rali da Suécia.