Rali
28/01/2018 14:27

Nos passos do pai, Sainz Jr. faz exibição no Rali de Monte Carlo e realiza sonho: “Esperei a vida toda por isso”

Graças à Renault, Carlos Sainz Jr. teve a chance de realizar um sonho de menino e seguir os passos do pai, ‘El Matador’ Carlos Sainz, bicampeão mundial de rali. O jovem espanhol acelerou nas duas últimas especiais do Rali de Monte Carlo, neste domingo, como exibição com um Mégane RS Trophy
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Carlos Sainz Jr. aprovou sua primeira experiência em uma pista do WRC (Foto: Renault Sport F1)

O DNA dos ralis faz parte da família Sainz. Há duas semanas, ‘El Matador’ Carlos Sainz, dono de dois títulos do Mundial de Rali, conquistou o bicampeonato do Rali Dakar, a maior e mais difícil prova do off-road mundial. O filho, Carlos Sainz Jr., optou pelas pistas ao invés das trilhas de asfalto, neve e areia e pouco a pouco vai mostrando seu potencial na F1. Mas seu sonho de disputar uma prova de rali foi realizado, ainda que numa exibição, neste domingo (28), no Rali de Monte Carlo, etapa que abriu a temporada 2018 do WRC e que teve Sébastien Ogier e Julien Ingrassia como vencedores.
 
O Rali de Monte Carlo é o mais tradicional de todo o calendário do WRC e, mesmo disputado no frio intenso no Principado, reúne grandes marcas e, mesmo as que não estão diretamente envolvidas com a categoria, aproveitam a oportunidade para divulgar seus lançamentos. 
 
Foi o caso da Renault, que apresentou ao público presente o Renault Mégane RS Trophy, que foi pilotado por Sainz Jr. nos dois últimos estágios da prova. Neste trecho, a pista foi aberta para veículos VIPs inscritos para passar pelo trecho antes da disputa oficial, ocorrida no começo da tarde.
Carlos Sainz ficou feliz com sua primeira experiência em uma pista do WRC (Foto: Renault Sport F1)
E foi assim que, ao lado do navegador Rodrigo Sanjuán, Sainz Jr. teve sua primeira experiência real em uma pista do WRC. Foi um sonho realizado. “Esperei a vida toda para fazer isso, e foi uma incrível”, comemorou o jovem espanhol de 23 anos.
 
No momento, contudo, Sainz tem como seu principal foco a F1. Neste ano, Carlos vai fazer sua primeira temporada completa por uma equipe de fábrica, a Renault. O piloto jamais escondeu que tem o objetivo de estar em pouco tempo no cockpit da Red Bull, que o emprestou para ganhar experiência no time francês em 2018. Mas para o futuro, correr nos ralis é uma possibilidade em algum momento.
Carlos Sainz ficou feliz com sua primeira experiência em uma pista do WRC (Foto: Renault Sport F1)
“É muito cedo na minha carreira ir para o rali, mas no futuro devo fazer algo como hobby. Já treinei muito com meu pai, temos um carro em casa e fazemos especiais bem sujas com ele, aprendo demais”, declarou o piloto em entrevista ao site ‘Motorsport.com’. “Sou ruim com o ritmo, sou piloto de circuitos, então não tenho essa experiência. Mesmo que ele me ensine, é difícil aprender”.
 
“Em termos de habilidade, porém, aprendi muito com ele. Guiamos muito na neve e no gelo. Ouvi muito dele sobre como são difíceis as especiais, as mudanças de clima, que pode ir de sol para chuva ou para neve num instante”, acrescentou Sainz Jr., que não escondeu um dia a vontade de fazer o Rali Dakar. Mesmo contra a vontade do pai bicampeão. “Desejo, sim. É esse o tipo de desafio que gosto. Mas meu pai não gostaria que eu corresse lá”, completou.