Rali

Loeb alcança primeira vitória em cinco anos no WRC na Catalunha. 2º, Ogier retoma liderança

Sébastien Loeb conquistou a primeira vitória no Mundial de Rali desde 2013, na Argentina. O eneacampeão, em participação especial, impediu a vitória de Sébastien Ogier – que tem como prêmio de consolação o retorno à liderança
Warm Up / Redação GP, de Berlim
 Sébastien Loeb voltou a vencer no Mundial de Rali (Foto: Red Bull Content Pool)
A terceira aparição de Sébastien Loeb na temporada 2018 do Mundial de Rali rendeu um resultado marcante. O piloto francês, que parou de competir em tempo integral na categoria em 2012, confirmou neste domingo (28) uma nova vitória no Rali da Catalunha.
 
Loeb volta a vencer após mais de cinco anos. O último triunfo havia sido no Rali da Argentina de 2013, quando já estava fazendo apenas participações esporádicas. Mesmo aos 44 anos, o eneacampeão da categoria mostrou vigor para derrotar Sébastien Ogier em uma briga acirrada em solo espanhol. Os dois, que já vinham próximos, acabaram o quarto e último dia de atividades separados por apenas 2s9.
 
Ogier bateu na trave: a diferença de 7s1 no começo do dia caiu por conta de erros de Loeb, mas não a ponto de resultar em troca de posição. Elfyn Evans, terceiro, ficou devendo 16s5.
Sébastien Loeb voltou a vencer no Mundial de Rali (Foto: Red Bull Content Pool)
Thierry Neuville terminou em quarto, resultado dos mais importantes para Ogier. Isso porque a combinação permite que o francês volte a liderar a temporada do WRC, somando 204 pontos. O belga, por sua vez, só foi aos 201. A diferença significa que a briga pelo título, no Rali da Austrália, fica totalmente aberta: são 30 pontos ainda em jogo na etapa derradeira.
 
Outro piloto mantém chances de título, mas remotas. Ott Tänak, sexto na Catalunha, chega aos 181. O déficit é de 23 pontos, o que exige uma recuperação improvável na Austrália para levar o título.
 
A etapa da Austrália do WRC acontece entre os dias 15 e 18 de outubro.