Rali
24/01/2018 11:10

Empolgado após título do pai no Dakar, Sainz admite interesse em disputar ralis no futuro: “Já treinei muito com ele”

Carlos Sainz ainda é jovem, com apenas 23 anos. Mas já pensa no futuro de sua carreira, inspirado pelo pai, campeão do Dakar aos 55 anos. E já deseja correr em ralis
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Carlos Sainz (Foto: AFP)

Carlos Sainz Jr. tem apenas 23 anos e vai, em 2018, para sua quarta temporada na F1, a primeira inteira com a Renault. Por seu talento, deve demorar para que ele deixe a principal categoria do automobilismo - mas por que não pensar no futuro, mesmo que distante?

O espanhol, empolgado pelo título do pai, Carlos Sainz, aos 55 anos, no Rali Dakar 2018, já sabe ao menos uma coisa que deseja fazer daqui alguns (ou muitos) anos: correr em ralis.

Em entrevista para o 'Motorsport', ele revelou essa vontade. Sainz Jr., aliás, já começa a satisfazê-la neste ano: disputará estágios da etapa de Monte Carlo do Mundial de Rali - mas correndo à frente do pelotão de pilotos, sem disputar pontos.

"É muito cedo em minha carreira para ir para o rali, mas no futuro devo fazer algo por hobby", afirmou. "Já treinei muito com meu pai, temos um carro em casa e fazemos estágios bem 'sujos' com ele, aprendo muito", seguiu.
Carlos Sainz está bem na F1, mas pode ir para os ralis no futuro (Foto: Renault Sport F1)
Mas, mesmo com o aprendizado do pai campeão, ele tem noção de que não é especialista na modalidade e tem alguns pontos fracos: "Eu sou ruim com o ritmo, sou piloto de circuitos, entao não tenho essa experiência. Mesmo que ele me ensine, é difícil aprender."

"Em termos de habilidade, porém, aprendi muito com ele. Pilotamos muito na neve e no gelo. Ouvi muito dele sobre como são difíceis os estágios, as mudanças de clima, que pode ir de sol para chuva ou para neve em um instante", seguiu.

Por fim, citou a chance de uma "aventura" para se aventurar, por exemplo, no Dakar: "Desejo, sim. É esse tipo de desafio que gosto. Mas meu pai não gostaria que eu corresse lá", confessou.