Outras

Vettel diz que Michael Schumacher “estaria orgulhoso” de atuação de Mick na Corrida dos Campeões

Sebastian Vettel e Michael Schumacher conquistaram juntos a Corrida dos Campeões seis vezes. Com Mick, Vettel bateu na trave ao ser derrotado pelo Time Nórdico, mas nada que cause tristeza: o tetra da F1 só tem elogios à atuação do campeão da F3 Europeia
Warm Up / Redação GP, de Berlim
Sebastian Vettel e Mick Schumacher representaram a Alemanha na final da Copa das Nações da Corrida dos Campeões. A dupla saiu derrotada pelo Time Nórdico, de Tom Kristensen e Johan Kristoffersson, mas Vettel vê motivos para celebrar. O tetracampeão gostou da atuação de Mick, que seria capaz de deixar Michael Schumacher “orgulhoso do filho”.
 
“Acima de tudo, é muito especial formar dupla com o Mick hoje”, disse Vettel. “Me lembro da minha primeira participação na Corrida dos Campeões e como eu ficava admirando o Michael. Todos nós sabemos que seria mais especial ter o Michel aqui para acompanhar a performance do Mick, mas eu tenho certeza de que ele [Michael] estaria orgulhoso de seu filho”, seguiu.
 
Na Corrida dos Campeões, Sebastian Vettel e Michael Schumacher formaram uma dupla imbatível. Os campeões da F1 levaram a melhor em seis ocasiões seguidas, entre 2007 e 2012.
Mick Schumacher e Sebastian Vettel (Foto: Reprodução)
“Mick e eu podemos ficar orgulhosos do que fizemos hoje. Seria ótimo voltar para casa com o troféu, mas nunca é fácil na Corrida dos Campeões e hoje nós estivemos bem. Não é vergonha alguma perder para Tom [Kristensen] e Johan [Kristoffersson], que são pilotos de nível mundial e estiveram um pouco rápidos demais hoje. Eu me senti bem com o carro de rallycross na final, mas o Tom esteve um pouco mais rápido”, refletiu Vettel.
 
Schumacher levou o segundo lugar em um dia especial – horas antes de ir à pista no México, o alemão foi confirmado como novo membro da academia de pilotos da Ferrari.
 
Depois de correr por países no sábado, os pilotos voltam ao Hermanos Rodríguez para definir o Campeão dos Campeões, de forma individual. É uma competição, mas que para Vettel vem com gosto de diversão.
 
“É divertido estar aqui no México. Somos todos da mesma família do automobilismo e não conseguimos passar muito tempo juntos, então é um bom jeito de fazer isso. Sobre amanhã, tudo pode acontecer. O formato da Corrida dos Campeões significa que é muito competitivo e você precisa acertar tudo”, encerrou.