Outras

Pulcini herda pole e parte para vitória da primeira corrida da GP3 na Rússia. Piquet é 15º

O italiano Leonardo Pulcini confirmou a vitória após receber a pole na sequência da punição a Nikita Mazepin na sexta-feira. Transformou a oportunidade na primeira vitória na categoria, enquanto Mazepin se recuperou e conseguiu ser segundo. São 24 pontos que separam o russo do líder Anthoine Hubert
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 Leonardo Pulcini venceu na Rússia (Foto: Reprodução/Twitter)
A GP3 tem um novo vencedor de corridas: é Leonardo Pulcini, da Campos, que partiu da pole-position na manhã deste sábado (29) e venceu a primeira prova do fim de semana em Sóchi. Com a conquista, o piloto italiano chegou a 130 pontos e o quarto lugar do campeonato a três corridas do fim. 
 
Pulcini herdou a pole após Nikita Mazepin, que havia garantido a posição de honra na pista, foi punido ainda na noite anterior por conta de um excedente dos limites da pista. Daí em diante, controlou relativamente tranquilo.
 
Mazepin caiu para oitavo e, sabendo que as chances de ser campeão praticamente acabavam com aquele resultado, partiu para cima sobretudo na segunda metade da corrida de 24 voltas. Foi conquistando espaço e terminou por bater inclusive Anthoine Hubert, líder do campeonato e que ficou com o terceiro posto.
 
Richard Verdschoor e David Beckmann vieram na sequência, com Simo Laaksonen colocando o outro carro da Campos no sexto posto. Jake Hughes, Joey Mawson, Juan Manuel Corrêa e Tatiana Calderón, fecharam o top-10. Pedro Piquet ficou com o 15º lugar.
Pulcini ao centro, com Mazepin à esquerda e Hubert à direita (Foto: Reprodução/Twitter)
A situação do campeonato, que ainda tem 55 pontos em disputa, é que Hubert lidera com 191 tentos contra 167 de Mazepin. Matematicamente, Callum Ilott, com 147, ainda tem chances, mas são extremamente remotas. O piloto francês tem um match-point já no domingo.
 
O campeonato segue com a prova do domingo e depois tem sua rodada dupla final nos dias 24 e 25 de novembro, em Abu Dhabi.