Outras

Petecof completa 139 voltas e marca top-3 no primeiro dia de testes coletivos da F4 Italiana em Adria

Aos 15 anos, o representante da Academia Shell Racing e membro da Academia de Pilotos da Ferrari começou pra valer sua transição para os carros de fórmula com o início da bateria de testes coletivos no circuito de Adria, no primeiro de três dias de testes da F4 Italiana. Ao todo, 24 pilotos participaram das sessões. Gianluca Petecof obteve o terceiro lugar pela manhã e foi sexto no período da tarde: “Foram bons treinos”, destacou
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Gianluca Petecof é o mais novo piloto da Academia da Ferrari em 2018 (Foto: Ferrari Driver Academy)

Gianluca Petecof teve um belo começo de trajetória nos trabalhos de transição para os monopostos. O paulista de 15 anos, que vai fazer em 2018 sua primeira temporada em um fórmula, foi um dos destaques do primeiro de três dias de testes coletivos da F4 Italiana, que acontecem no circuito de Adria. Na última terça-feira (13), o representante da Academia Shell Racing e membro da Academia de Pilotos da Ferrari completou nada menos que 139 voltas entre manhã e tarde, obteve um terceiro lugar no primeiro período e sexto na segunda parte do dia.
 
Ao todo, 24 pilotos foram escalados para os dois primeiros treinos coletivos do ano da F4 Italiana. Pela manhã, Petecof figurou sempre no rol dos cinco primeiros, completou 74 voltas no circuito de 2.702 m e ainda foi o mais veloz no terceiro setor da pista. No fim das contas, Gianluca obteve a terceira melhor marca.
 
“Foram bons treinos”, destacou Petecof ao término dos trabalhos do dia com a equipe Prema, uma das mais tradicionais e vitoriosas nas categorias de base nos últimos anos. “Na manhã, fui terceiro e acabei nem andando no final do treino, quando a pista estava melhor e outro concorrente registrou o melhor tempo”, explicou.
Petecof começou bem sua transição para os monopostos com destaque nos treinos da F4 Italiana em Adria (Foto: Prema)
Durante à tarde, o brasileiro foi líder do treino por mais de duas horas. Com 65 voltas completadas, sendo a melhor delas em 1min15s291, apenas 0s2 da melhor marca desta terça-feira. No combinado das duas sessões, Petecof se colocou em sexto lugar.
 
“À tarde, o time optou por me mandar à pista de pneu novo antes dos outros, pois eu já havia completado aquilo que tínhamos planejado para o dia. A pista melhorou no final, mas ficou todo mundo muito agrupado entre os primeiros. Terminei em sexto, apenas dois décimos atrás do melhor tempo do dia”, salientou o jovem talento brasileiro.
 

Petecof vai seguir ao volante do carro #5 da Prema nos próximos dias em Adria. “Ainda temos bastante potencial para extrair do carro. Mas, no geral, foi um dia muito bom para começar os trabalhos. Andamos bastante hoje e com certeza amanhã e depois tem bastante ainda para vir”, finalizou Gianluca, que também vai correr a F4 Alemã em 2018, também com a Prema.
 
A etapa de abertura da F4 Italiana está marcada para 22 de abril e terá como palco exatamente o circuito de Adria, palco dos testes de pré-temporada. Uma semana antes, Petecof vai correr a etapa de abertura da F4 Alemã no circuito de Oschersleben em uma rodada tripla entre os dias 13 e 15 de abril.
”VOCÊ TEM DE RESPEITAR”

EMOÇÃO GENUÍNA DE BARRICHELLO É EXEMPLO DE MOTIVAÇÃO