Outras
07/05/2018 10:48

Pedro Piquet assina com Trident e garante presença no grid da GP3 uma semana antes do começo da temporada

Uma semana antes do começo da temporada em Barcelona, Pedro Piquet foi anunciado como piloto da Trident em Barcelona. O piloto brasileiro sobe para a GP3 após dois anos com resultados frustrantes na F3 Europeia
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Pedro Piquet fez mais um teste com a Trident na GP3 (Foto: GP3)

Demorou, mas Pedro Piquet confirmou presença no grid da GP3. O piloto brasileiro anunciou a assinatura com a equipe Trident nesta segunda-feira (7), menos de uma semana antes da rodada dupla de abertura da temporada em Barcelona.
 
O anúncio demorou, mas já era previsto. Piquet participou dos testes de pré-temporada da GP3 com a equipe italiana e conseguiu bons resultados, quase sempre com tempos de volta dentro do top-10. A equipe italiana, por sua vez, também empolga com bons resultados na categoria.
 
“Estou muito feliz por ter assinado com a Trident”, disse Piquet. “O ambiente é muito bom. Olhando pelos resultados do ano passado, eles ficaram em segundo no campeonato de equipes da GP3, com os pilotos em quinto, sétimo e oitavo na classificação geral, e os competidores da ART Grand Prix nas primeiras posições”, seguiu.
Pedro Piquet assinou com a Trident na GP3 (Foto: GP3)

De 2015 para cá, a Trident virou uma das grandes equipes da GP3. Em 2017, os italianos só não foram melhores do que a ART, campeã de equipes em sete das oito temporadas da história do certame.
 
Mesmo em uma equipe forte, Piquet começa o ano pensando apenas em pontuar.
 
“É cedo para falar em resultados, mas se focarmos e ficarmos todas as corridas entre os oito primeiros colocados, pelo menos na primeira prova de cada fim de semana, para largarmos na frente na segunda prova, é possível marcarmos bons pontos e considero essa uma projeção realista”, concluiu.
 
Piquet chega na GP3 após dois anos decepcionantes na F3 Europeia. Em 60 corridas, o brasileiro só foi ao pódio uma vez, com um segundo lugar. Em termos de classificação do campeonato, Pedro foi 19º em 2016 e 14º em 2017.
 
Na Trident, Piquet forma um quarteto ao lado de Giuliano Alesi, Ryan Tveter e Alessio Lorandi.
 
QUEM É MAIS CULPADO?

PADDOCK GP DISCUTE BATIDA DE RICCIARDO E VERSTAPPEN EM BAKU