Outras
26/08/2018 08:44

Mazepin lidera 1-2-3-4 da ART e vence segunda prova da GP3 na Bélgica. Piquet termina em quinto

Quatro pilotos nas quatro primeiras posições. A francesa ART Grand Prix viveu um domingo de sonho em Spa-Francorchamps, com Nikita Mazepin sorrindo por último ao ouvir o hino russo no topo do pódio. Pedro Piquet somou mais pontos preciosos para o campeonato
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Nikita Mazepin fechou com vitória a corrida 2 do fim de semana da GP3 em Spa (Foto: GP3)
Um domingo de sonho. A francesa ART Grand Prix, uma das principais equipes do automobilismo nas categorias de base, viveu uma jornada perfeita nesta manhã em Spa-Francorchamps e completou a corrida 2 da GP3 nas quatro primeiras colocações. Destaque para o vencedor do domingo (26), Nikita Mazepin, e também para Anthoine Hubert, segundo colocado. Com o resultado, o francês ampliou sua vantagem na liderança do campeonato, restando seis etapas para o fim da temporada 2018.
 
Por conta da regra do grid invertido, a pole ficou com o australiano Joey Mawson, da Arden. Mas o piloto não teve um domingo muito feliz. 
 
A corrida teve a largada adiada em dez minutos por conta da neblina, bastante densa na região da reta Kemmel. E na volta de apresentação, o vencedor de sábado, David Beckmann, enfrentou problemas mecânicos e sequer largou.
Nikita Mazepin comemora a vitória na corrida deste domingo na GP3 (Foto: GP3)
Mawson perdeu terreno ainda nas primeiras voltas e proporcionou que os quatro carros da ART protagonizassem a corrida. O australiano foi pressionado primeiramente por Callum Ilott, que tentou ultrapassar o pole por fora e errou o ponto de frenagem na Les Combes. Aí foi o britânico quem perdeu as posições para Jake Hughes e Mazepin.
 
A liderança mudou de mãos quando Hughes e Mazepin aproveitaram o acionamento do DRS para ultrapassar Mawson. Aí a batalha pela vitória ficou entre os dois, com o russo levando a vantagem para conquistar a liderança pouco depois.
 
Daí em diante, Mazepin acelerou e abriu vantagem confortável para jamais ser superado. Hughes, ao contrário, perdeu performance e acabou sendo superado por Hubert e, na 11ª volta, por Ilott, que completou o pódio dominado pela ART em Spa-Francorchamps.
Pedro Piquet foi o 'melhor do resto' e terminou em quinto lugar neste domingo (Foto: GP3)
O ‘melhor do resto’ foi Pedro Piquet, que levou o carro da Trident ao quinto lugar, terminando à frente de um dos seus companheiros de equipe, o francês Giuliano Alesi. Leonardo Pulcini caminhava para terminar em sétimo lugar, mas enfrentou problemas e viu seu carro apagar. Assim, o posto foi herdado por Richard Verschoor, que pontuou pela primeira vez na GP3. O último colocado dentre os pontuadores foi Ryan Tveter, que travou intenso duelo com a colombiana Tatiana Calderón e Juan Manuel Correa. Melhor para o norte-americano.
 
Após a rodada dupla de Spa, Hubert soma 158 pontos, contra 132 de Ilott. Mazepin se consolidou em terceiro lugar, com Pulcini em quarto, com 99, e Pedro Piquet fechando o rol dos cinco primeiros, com 85 tentos. A próxima rodada dupla da GP3 está marcada para os dias 1º e 2 de setembro em Monza, na Itália.