Outras
16/06/2018 17:10

De volta à F4 Italiana, Petecof fica perto do pódio da primeira corrida da rodada tripla em Misano

Duas semanas depois da ausência de Monza por conta de uma lesão nas costas, Gianluca Petecof voltou a acelerar pela F4 Italiana na abertura da rodada tripla de Misano. E foi um retorno bastante positivo e forte em uma corrida marcada por um grid de 28 carros e pela vitória de Enzo Fittipaldi. Gianluca ficou a apenas 0s3 de terminar no top-3 da prova neste sábado
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Gianluca Petecof voltou a acelerar pela F4 Italiana neste fim de semana (Foto: Prema Powerteam)

Totalmente recuperado da lesão que o tirou da terceira etapa da temporada 2018 da F4 Italiana, em Monza, Gianluca Petecof voltou ao certame neste fim de semana na corrida 1 da rodada tripla em Misano Adriático. O paulista da Academia Shell Racing e também da Academia de Pilotos da Ferrari fez um grande trabalho para quem está na sua primeira temporada correndo nos monopostos. Por apenas 0s3, o jovem de 15 anos não foi ao pódio, mas somou pontos importantes para o campeonato com o quarto lugar na prova.
 
Na esteira dos resultados do treino classificatório, Petecof obteve o terceiro melhor tempo, só atrás de Enzo Fittipaldi e Petr Ptacek. Na largada, porém, Gianluca pagou pela ainda pouca experiência com o carro da F4 e perdeu duas posições, caindo para quinto, sendo ultrapassado pelo italiano Federico Malvesti e pelo guatemalteco Ian Rodríguez. Logo de cara, Petecof conseguiu recuperar o quarto lugar ao superar o italiano.
 
Com ritmo de corrida muito bom, o brasileiro conseguiu reduzir para quase zero uma vantagem que chegou a ser de 2s5 em favor do centro-americano. Entretanto, Misano Adriático é conhecida pela dificuldade em se ultrapassar. Ainda assim, Gianluca mostrou ousadia para tentar um lugar no pódio, que não veio por muito pouco.
Gianluca tem mais duas chances boas de subir ao pódio neste fim de semana (Foto: Prema Powerteam)
O sentimento para Petecof é de que daria para ter ido além. Mas, ao mesmo tempo, o brasileiro se mostrou satisfeito com a forma exibida de volta à F4 Italiana.
 
“Foi uma boa corrida. Mas, claro, poderia ter sido ainda melhor. Depois de um ótimo quali, tivemos um ritmo muito forte. O que pesou mais foi a largada, que não foi das melhores. Caí para quinto, mas recuperei uma posição ainda na primeira volta. Com um ritmo bem forte, consegui chegar perto do terceiro colocado, mas meu concorrente já está no quarto ano na categoria, conseguiu se defender”, declarou.
 
“O quarto lugar foi bom para o campeonato. O importante é recuperar o máximo possível depois de não ter feito a prova de Monza. Estou contente, e amanhã vamos atrás de mais pontos. Vamos buscar essas duas vitórias na categoria de estreantes e também na geral”, complementou.
Gianluca Petecof ficou bem perto do pódio em Misano Adriático (Foto: Prema Powerteam)
No fim das contas, a vitória ficou com o pole, Enzo Fittipaldi, enquanto Ptacek confirmou o segundo posto e Rodríguez colocou a bandeira da Guatemala no pódio em Misano. O resultado obtido por Petecof neste sábado o ajudou a ganhar uma posição na classificação geral, sendo o sexto na tabela de pontos. Gianluca é o vice-líder entre os novatos. O regulamento prevê o descarte dos cinco piores resultados de cada piloto ao longo da temporada.
 
Gianluca Petecof vai ter duas grandes chances para não apenas buscar o pódio, mas lutar pela vitória em Misano. Nas duas corridas deste domingo, a 2 com largada às 4h (horário de Brasília) e a terceira e derradeira às 12h10, o piloto da Academia Shell Racing vai partir da terceira posição. O site oficial da categoria vai transmitir as duas corridas do dia ao vivo.
CONFLITO À VISTA?

NOVA EQUIPE DE LORENZO, HONDA É TODA MOLDADA PARA MÁRQUEZ