Outras

De ponta a ponta, Boccolacci garante vitória tranquila na corrida 2 da GP3 em Hungaroring. Piquet é 9º

Sem maiores dificuldades, Dorian Boccolacci seguiu com vantagem para conquistar o alto do pódio na corrida 2 da GP3, neste domingo, no circuito de Hungaroring. Pedro Piquet fez corrida discreta e terminou em nono, atrás de Tatiana Calderón, que conseguiu seu primeiro ponto na categoria
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Dorian Boccolacci (Foto: GP3)
Dorian Boccolacci não teve problemas para confirmar a pole-position e garantir a vitória da corrida 2 da GP3, no circuito de Hungaroring, neste domingo (29). O francês encarou uma corrida tranquila e abriu boa vantagem durante a prova para terminar em primeiro, seguido de Callum Ilott e Anthoine Hubert. Pedro Piquet não conseguiu alcançar a zona de pontuação e acabou a prova em nono, logo atrás de Tatiana Calderón, que marcou seu melhor resultado na temporada.
 
A primeira posição de Boccolacci veio com o grid invertido da primeira prova e deu ao piloto da MP Motorsport a chance de reverter a situação do dia anterior. Em uma largada limpa, o francês pulou para começar a ter vantagem sobre os outros pilotos e logo conseguiu se distanciar. Hubert, líder do campeonato, fez um excelente início, partindo da sexta posição e logo alcançando o terceiro posto, determinado a não perder mais pontos no fim de semana.
 
Atrás do primeiro pelotão, Leonardo Pulcini subia para quinto, enquanto era pressionado pelas tentativas de David Beckmann and Ryan Tveter, ambos pilotos da Trident. Na terceira colocação, a briga era entre Hubert e Juan Manuel Correa, mas o francês tinha melhor ritmo e avançou, deixando o piloto da Jenzer Motorsport para trás.
Dorian Boccolacci abre vantagem e garante vitória na Hungria (Foto: GP3)
Menos de 6 voltas depois da largada, Boccolacci já abria mais de 4s de vantagem e a partir daí apenas administraria sua performance para a bandeira quadriculada, inclusive marcando voltas mais rápidas de tempos em tempos. Pouco se viu, então, de ação no circuito de Hungaroring.
 
Na busca pelo quarto lugar, Correa e Pulcini iniciaram uma luta que os deixaram bem próximos na pista. Beckmann também se aproximou dos pilotos e chegou a se tocar com o #10 da Jenzer na volta 9, que fechou a porta e escapou de uma manobra que poderia lhe causar danos no carro.
 
Fora da zona de pontos, Piquet encontrou uma corrida discreta largando da 12ª colocação para chegar em nono ao fim da prova.
 
No fim da corrida, os pneus de Boccolacci começavam a dar sinais de que estavam desgastados demais, o que fez a diferença do francês cair para 3s8, o suficiente para se manter à frente de Ilott na linha de chegada, mesmo com o britânico tirando 1s5 na última volta. Hubert completou o pódio, com mais de 7s de vantagem para Pulcini, que trazia Correa na quinta posição. Tveter apareceu em sexto, seguido de Beckmann e Calderón. A colombiana marcou seu primeiro ponto na temporada da GP3 com o oitavo lugar na Hungria.
 
Hubert avança para a próxima rodada com 129 pontos, 15 à frente do companheiro de Ilott, seu companheiro de equipe. Pulcini continua ocupando o terceiro lugar, apenas um ponto à frente de Nikita Mazepin. A ART lidera a classificação das equipes com 376 pontos, seguida da Trident com 224 e da Campos Racing com 105.
 
A GP3 entra, agora, na pausa de verão, juntamente com a F1, e retorna no último dim de semana de agosto em Spa-Francorchamps, na Bélgica.