Nascar

Keselowski passa Hamlin e vence em Indianápolis. Johnson e Bowman se garantem nos playoffs

Com pneus novos, Brad Keselowski teve grande vantagem sobre Denny Hamlin no fim em Indianápolis. A ultrapassagem garantiu a primeira vitória da Penske no oval em corrida da Nascar. Sem vencedor inédito, Jimmie Johnson e Alex Bowman levaram as últimas vagas nos playoffs
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Brad Keselowski celebra vitória em Indianápolis (Foto: Nascar Media)
A briga pela vitória em Indianápolis nesta segunda-feira (10) acabou decidida por estratégia e bandeiras amarelas. Denny Hamlin estava próximo de superar o risco de liderar com pneus gastos, mas foi traído por uma bandeira amarela com sete voltas para o fim. Melhor para Brad Keselowski, que se aproximou e, com mais aderência, fez uma manobra que garantiu a vitória no apagar das luzes.
 
A penúltima relargada aconteceu com Hamlin em primeiro e Keselowski em sétimo. Restando dez voltas para o fim e com outros pilotos de pneus gastos entre os dois, o #11 se via em situação mais confortável – seria difícil o #2 escalar o pelotão todo por si só. As chances de vitória de Denny começaram a se esvair quando Brad pôde fazer a última relargada já em terceiro, imediatamente atrás.
 
O combo de pneus novos com bom posicionamento foi imbatível. Hamlin até lutou, mas não segurou Keselowski. O #2 cruzou a linha de chegada na frente, garantindo a primeira vitória da Penske em Indianápolis pela Nascar, após anos de sucesso na Indy.
Brad Keselowski celebra vitória em Indianápolis (Foto: Nascar Media)
Hamlin ainda seria ultrapassado por Erik Jones, segundo colocado. Kevin Harvick e Clint Bowyer completaram o top-5. Kurt Busch, Jamie McMurray, Kyle Busch, Paul Menard e Clint Bowyer fecharam o grupo dos dez primeiros.
 
Como Indianápolis não reservou um vencedor inédito fora do grupo dos 16 primeiros pilotos na classificação do campeonato, o grupo de pilotos dos playoffs se formou sem reviravoltas. Jimmie Johnson e Alex Bowman garantiram as duas últimas vagas, que só seriam perdidas no caso de um resultado surpreendente. McMurray até tentou apostar em uma estratégia ousada para ser o tal vencedor inédito, mas não levou a melhor.
 
Johnson e Bowman se unem aos outros 14 pilotos já confirmados nos playoffs. São eles: Kyle Busch, Harvick, Truex, Keselowski, Bowyer, Logano, Kurt Busch, Elliott, Blaney, Jones, Dillon, Larson, Hamlin e Almirola. A primeira etapa da fase ‘mata-mata’ acontece em Las Vegas, no próximo fim de semana.
Os 16 pilotos dos playoffs da Nascar (Foto: Nascar Media)