Nascar

Harvick ensaia pressão, mas Kyle Busch se segura e parte para vitória 50 na Nascar em Richmond

Parecia que Kevin Harvick e Kyle Busch teriam uma briga bonita pela vitória no fim, mas não rolou. Busch manteve uma vantagem de 0s7 sobre Harvick, alcançando a 50ª vitória na divisão principal e avançando nos playoffs
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Kyle Busch venceu em Richmond (Foto: Nascar Media)
Pareceu que Kyle Busch ia se ver em apuros nas últimas voltas da etapa de Richmond, neste sábado (22). Kevin Harvick se aproximava e ensaiava uma briga pela vitória. Mas não deu: com 0s7 de vantagem, Busch conseguiu cruzar a linha de chegada na frente para carimbar a vitória de número 50 na divisão principal da Nascar.
 
No fim das contas, Harvick simplesmente não teve voltas suficientes para atacar Busch, que não tinha o melhor dos ritmos na parte final da prova. A vitória suada tem grande importância: além do valor pessoal, Kyle agora está classificado para a segunda fase dos playoffs.
 
O terceiro colocado é Martin Truex Jr., que não conseguiu acompanhar Harvick na tentativa de reação. O prêmio de consolação foi segurar Chase Elliott e Aric Almirola, que completaram o top-5. O top-10 também ficou repleto de pilotos dos playoffs: Austin Dillon, Kyle Larson, Jimmie Johnson, Brad Keselowski e Clint Bowyer.
Kyle Busch venceu em Richmond (Foto: Nascar Media)
Com o resultado em Richmond, quatro pilotos estão classificados para a segunda fase dos playoffs: além de Busch e Keselowski, com vitórias, Truex e Harvick já garantiram pontuação suficiente para andar no misto de Charlotte sem preocupações. Situação extremamente oposta é vivida por Clint Bowyer, Jimmie Johnson, Erik Jones e Denny Hamlin. O quarteto parte para Charlotte na zona de eliminação. Bowyer e Johnson com déficits pequenos (-4 e -6), enquanto Jones e Hamlin tem missões maiores (-21 e -29).
 
A etapa no misto de Charlotte acontece já no próximo fim de semana. Após a corrida na Carolina do Norte, restarão apenas sete até o fim da temporada 2018.