Nascar

Bowman vence pela primeira vez na Xfinity em Charlotte. 5º, Poole é melhor entre pilotos dos playoffs

Alex Bowman, que vai guiar o carro #88 da Hendrick na Nascar em 2018, venceu pela Ganassi sua primeira corrida na Xfinity em Charlotte. Na disputa dos playoffs, Brennan Poole se destacou, chegando em quinto
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Alex Bowman venceu a etapa de Charlotte da Xfinity (Foto: Ganassi)
O sábado (7) de Xfinity em Charlotte foi longo por causa da chuva que insistiu em cair no oval, mas foi palco, já de noite, da primeira vitória de Alex Bowman, que guiou o #42 da Ganassi. Alex, de 24 anos, estará no grid da classe principal da Nascar em 2018, assumindo o carro #88 da Hendrick.
 
"Isso foi incrível! Significa muito para mim. É minha primeira vitória, justamente em Charlotte, minha segunda casa. Significa tudo. Agradeço muito aos fãs que ficaram na pista mesmo com o atraso causado pela chuva. Fazia tempo que estava atrás dessa vitória. Não fui bem nos boxes, mas meu carro estava ótimo. Finalmente venci", disse o piloto após o triunfo.
 
Bowman foi para a liderança pela primeira e única vez com 31 voltas para o final. Em segundo lugar chegou um nome marcante do automobilismo norte-americano. Sam Hornish Jr, que também não faz parte dos playoffs da Xfinity, completou na frente de Ryan Blaney e Austin Dillon.
Alex Bowman venceu a etapa de Charlotte da Xfinity (Foto: Reprodução/Twitter)
Pela segunda vez nas três corridas dos playoffs da segunda classe da Nascar, Brennan Poole foi quem melhor se saiu dentre os postulantes ao título. O piloto, assim, se colocou na segunda fase das eliminatórias, num grupo que agora conta com oito pilotos.
 
William Byron, Justin Allgaier, Elliott Sadler, Daniel Hemric, Cole Custer, Poole, Ryan Reed e Matt Tifft seguem sonhando com o título da Xfinity, enquanto Brendan Gaughan, Michael Annett, Blake Koch e Jeremy Clements ficaram pelo caminho.
 
A próxima etapa da Xfinity será a de abertura da segunda rodada dos playoffs, com oito restando na luta pelo caneco. O palco da prova será Kansas, em corrida na tarde de 21 de outubro.