Nascar

Blaney e Elliott vencem Duels da Nascar e garantem segunda fila na largada das 500 Milhas de Daytona

Ryan Blaney e Chase Elliott venceram seus respectivos Duels, corridas de classificação das 500 Milhas de Daytona. O resultado deixa Blaney em terceiro e Elliott em quarto no grid, logo atrás do pole Alex Bowman e de Denny Hamlin
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 Ryan Blaney cruza a linha de chegada em Daytona (Foto: Nascar Media)

Era noite de quinta-feira (15), mas teve Nascar. Em dia de definição do grid para as 500 Milhas de Daytona, através dos Duels, Ryan Blaney e Chase Elliott levaram a melhor e garantiram posições na segunda fila.
 
No primeiro Duel, a briga foi entre dois pilotos da Penske – Blaney e Joey Logano. O novo piloto do #12 assumiu a liderança com seis voltas para o fim, e depois disso, tratou apenas de controlar a vantagem sobre o resto do pelotão. E fez isso com certa tranquilidade: Ryan não permitiu ataques sérios na última volta. Darrell Wallace Jr., que abriu a última volta em segundo, não teve a mesma sorte e caiu para terceiro após ser ultrapassado por Logano nos últimos metros.
 
A corrida teve sua dose de acidentes. Ainda nas primeiras voltas, Jimmie Johnson perdeu controle e atingiu Aric Almirola. A prova também vitimou William Byron e Brad Keselowski em acidentes separados.
Chase Elliott lidera o pelotão em Daytona (Foto: Nascar Media)

No segundo Duel, Elliott repetiu a visita de 2017 ao Victory Lane. E foi mais tranquilo: ao longo das últimas 34, só deu Chase, agora piloto do #9. O jovem piloto chegou a ser ameaçado por Kevin Harvick, que não conseguiu concretizar uma ultrapassagem. Erik Jones, que se envolveu em um acidente nas primeiras voltas, se recuperou e terminou em terceiro.
 
Mais atrás, Kyle Larson e Matt DiBenedetto perderam controle na reta oposta e danificaram seriamente sues carros.
 
Os resultados significam que Blaney larga em terceiro e Elliott larga em quarto no domingo. Logano e Harvick formam a terceira fila, enquanto Wallace e Jones aparecem na quarta. Bowman e Hamlin, dois primeiros no treino classificatório, ficam na primeira fila mesmo sem andar bem nos Duels.