Nascar

Almirola vê Kurt Busch ter pane seca na última volta em Talladega e acaba com jejum de vitórias na Nascar

Kurt Busch estava no fim da reta oposta, já na última volta, quando ficou sem combustível no carro. A vitória ainda ficaria com a Stewart-Haas: Aric Almirola vinha logo atrás, herdando sua primeira vitória nos últimos quatro anos
Warm Up / Redação GP, de Berlim
 Aric Almirola comemora vitória em Talladega (Foto: Nascar Media)
Talvez tenha demorado um pouco mais do que o esperado, mas Aric Almirola voltou a vencer na divisão principal da Nascar. O piloto, reforço da Stewart-Haas para a temporada 2018, foi quem melhor aproveitou um fim de prova sem tantas manobras pela primeira colocação: no que parecia ser uma vitória encaminhada para Kurt Busch neste domingo (14) em Talladega, o que acabou se vendo foi uma pane seca que entregou a liderança para quem vinha imediatamente atrás – Almirola.
 
A pane seca foi das mais dramáticas. Kurt liderava a corrida até o fim da reta oposta da última volta da prorrogação, quando não conseguiu mais manter velocidade. Esse era, aliás, um risco que diversos pilotos toparam correr ao evitar os boxes na última bandeira amarela. Almirola tinha um tanque um pouco mais cheio e seguiu em frente para vencer.
 
Clint Bowyer manteve o segundo lugar, formando dobradinha da Stewart-Haas. O #14 não ensaiou grandes movimentos pela vitória, apenas se mantendo atrás de Almirola. Ricky Stenheuse Jr. foi terceiro, com Denny Hamlin e Joey Logano completando um top-5 de quatro Fords.
Aric Almirola comemora vitória em Talladega (Foto: Nascar Media)
Parte da corrida deu a impressão até de que a Stewart-Haas seria capaz de fazer 1-2-3-4. Almirola e Bowyer quase sempre estiveram no top-5, enquanto Kurt Busch foi o que liderou o maior número de voltas antes de terminar em 14º. Kevin Harvick também teve uma atuação sólida, mas terminou em 28º após optar por um pit emergencial e evitar pane seca.
 
Depois de alguns anos com provas loucas em Talladega, a desse fim de semana foi mais comportada. Não houve big-one, assim como poucos pilotos não viram a bandeira quadriculada. As vítimas de maior destaque da prova foram Alex Bowman e Jamie McMurray, que sofreram danos nas últimas dez voltas.
 
A vitória em Talladega é a primeira de Almirola nas últimas quatro temporadas. A última veio ainda em 2014, na corrida de julho de Daytona, quando ainda defendia a Richard Petty Motorsports.
 
A próxima etapa da Nascar acontece já nesta semana. A categoria parte para o Kansas, palco da última corrida da segunda fase dos playoffs.