MotoGP

Pol Espargaró vê uma volta como fraqueza da KTM, mas celebra evolução “inacreditável” em ritmo de corrida

Pol Espargaró avaliou que a KTM conseguiu uma evolução “inacreditável” em termos de ritmo de corrida e consistência com a RS-GP de 2019. Catalão considerou, no entanto, que o ritmo em uma volta segue sendo a fraqueza da moto austríaca
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Pol Espargaró classificou como “inacreditável” a evolução da KTM em termos de ritmo de corrida. O catalão avaliou que volta rápida segue sendo um ponto fraco da RC16, mas celebrou a melhora no quesito consistência.
 
O #44 abre a temporada 2019 ainda embalado por ter sido o primeiro a levar a RC16 ao pódio da MotoGP e livre das lesões que marcaram o ano passado.
 
Após os testes em Sepang, o irmão de Aleix ressaltou a evolução da RC16 e falou em um passo “bem impressionante” do lado dos austríacos.
Pol Espargaró celebrou evolução da KTM em termos de ritmo (Foto: Gold & Goose/KTM)
“Isso é inacreditável, um passo incrível”, disse Pol. “Todos deram um passo maior e o que nos falta ainda é em uma volta. Em uma volta, acho que não temos a performance que deveríamos, mas o passo que demos com o ritmo foi bem impressionante”, considerou. 
 
Questionado sobre o ponto onde a KTM mais ganhou, Pol respondeu: “Acho que pegar aderência”.
 
“Nos faltava muita aderência quando os pneus começavam a patina e, com alguma eletrônica e algum acerto na traseira, nós conseguimos melhorar essa aderência e fazer a moto ter uma performance melhor ao longo de várias voltas, não para um”, indicou. “Em uma volta, nós melhoramos um pouco ― nós vemos isso no tempo de volta ―, é um pouco mais rápida e, sem erros, dá para ser um pouco melhor”, seguiu.
 
“Mas em relação ao ritmo e a consistência, nós estamos muito, muito melhores e é por isso que estou feliz, porque os pontos vêm no domingo”, concluiu.