MotoGP

Petrucci detona recorde e comanda quadra da Ducati à frente de Bagnaia no dia final de testes na Malásia

Danilo Petrucci voou ainda no início do dia final de testes da MotoGP em Sepang e cravou 1min58s239 para liderar a quadra da Ducati no topo da tabela de tempos. Só 0s063 mais lento, Francesco Bagnaia surpreendeu e ficou com o segundo posto, com Jack Miller fechando o top-3, 0s172 à frente de Andrea Dovizioso
Grande Prêmio / JULIANA TESSER, de São Paulo
A Ducati completou o teste de Sepang em alta. Nesta sexta-feira (8), último dia da primeira bateria de exercícios coletivos da pré-temporada 2019, a casa de Bolonha dominou o top-4 da tabela de tempos, com Danilo Petrucci destruindo o recorde do traçado malaio a bordo da Desmosedici.
 
O terceiro e último dia da primeira bateria de testes teve um início frenético. Ainda na primeira hora, a então melhor volta já realizada em Sepang ― estabelecida por Jorge Lorenzo em 1min58s830 ― foi destroçada por Petrucci, que chegou a 1min58s239 para ocupar o topo da folha de tempos.
Danilo Petrucci ditou o ritmo no terceiro dia de testes da MotoGP em Sepang (Foto: Divulgação/MotoGP)
O #9, no entanto, não foi o único a impor um ritmo fortíssimo. Novato na MotoGP, Francesco Bagnaia foi só 0s063 mais lento que o piloto da Ducati e tomou o segundo posto, ligeiramente à frente de Jack Miller, mais um rodando na casa de 1min58s. Completando o domínio da marca italiana, Andrea Dovizioso foi 0s299 mais lento que o companheiro de equipe para ficar no top-4.
 
Além do domínio na parte de cima da tabela, a sexta-feira da Ducati também ficou marcada pela exibição do novo pacote aerodinâmico de Bolonha. O novo design, que tem seis asas, três em cada lado do protótipo, estava previsto apenas para o Catar, mas a fábrica de Borgo Panigale conseguiu adiantar sua programação.
 
A Yamaha, aliás, também debutou uma nova carenagem, que traz as asas da M1 divididas no meio. Antes, Suzuki e KTM já tinham revelado novos pacotes aerodinâmicos, então Honda e Aprilia são as únicas que ainda não apresentaram novidades neste sentido.
 
Tal qual tem acontecido nos últimos dias, a hora final viu uma maior movimentação na pista, com os pilotos aproveitando a queda nas temperaturas. A Ducati, por outro lado, deu o dia por encerrado antes do tremular da bandeira quadriculada.

Apesar da movimentação na pista, a tabela não sofreu modificações e a Ducati vai para a casa no comando do top-4 da MotoGP. Petrucci ficou com o melhor tempo, seguido por Bagnaia, Miller e Dovizioso.
 
No dia em que a Yamaha apresentou nova carenagem, Maverick Viñales foi 0s405 mais lento que o ponteiro e ficou com o quinto posto, à frente de Cal Crutchlow.
 
Com 1min59s022, Aleix Espargaró colocou a Aprilia na sétima posição, 0s119 melhor que Franco Morbidelli, que se recuperou de uma quinta-feira difícil para ficar com o oitavo tempo.
Francesco Bagnaia foi um dos destaques da sexta-feira (Foto: Michelin)
Takaaki Nakagami aparece na sequência, com Valentino Rossi aparecendo para fechar um top-10 separado por 0s916.
 
Ainda em fase de recuperação após uma cirurgia no ombro, Marc Márquez completou 39 voltas nesta sexta e registrou o 11º tempo, 0s931 atrás do ponteiro.
 
A Suzuki, por outro lado, teve um dia mais apagado. Com 1min59s180, Álex Rins ficou em 12º, 0s941 mais lento que o líder. Joan Mir foi o 15º.

MotoGP 2019, Malásia, Sepang, teste coletivo, dia 3:

1 D PETRUCCI Ducati 1:58.239   10 32
2 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:58.302 +0.063 11 21
3 J MILLER Pramac Ducati 1:58.366 +0.127 12 47
4 A DOVIZIOSO Ducati 1:58.538 +0.299 11 36
5 M VIÑALES Yamaha 1:58.644 +0.405 8 79
6 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:58.780 +0.541 17 61
7 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:59.022 +0.783 11 52
8 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:59.141 +0.902 8 66
9 T NAKAGAMI LCR Honda 1:59.148 +0.909 21 61
10 V ROSSI Yamaha 1:59.155 +0.916 9 62
11 M MÁRQUEZ Honda 1:59.170 +0.931 4 39
12 A RINS Suzuki 1:59.180 +0.941 14 75
13 S BRADL LCR Honda 1:59.368 +1.129 13 57
14 T RABAT Avintia Ducati 1:59.485 +1.246 9 41
15 J MIR Suzuki 1:59.486 +1.247 25 53
16 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:59.497 +1.258 13 77
17 J ZARCO KTM 1:59.640 +1.401 15 44
18 P ESPARGARÓ KTM 1:59.751 +1.512 14 57
19 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:59.949 +1.710 9 38
20 K ABRAHAM Avintia Ducati 2:00.378 +2.139 22 36
21 H SYAHRIN Tech3 KTM 2:00.766 +2.527 9 21
22 S GUINTOLI Suzuki 2:00.990 +2.751 3 56
23 B SMITH Aprilia Gresini 2:00.995 +2.756 54 56
24 M KALLIO KTM 2:01.020 +2.781 4 38
25 J FOLGER Yamaha 2:01.243 +3.004 3 43
26 K NAKASUGA/ K NOZANE Yamaha 2:01.719 +3.480 5 49
  A IANNONE Aprilia Gresini        
  T TSUDA Suzuki