MotoGP

Pedrosa é operado e trata fratura na clavícula com células tronco. Período de recuperação é de três meses

Dani Pedrosa foi submetido a uma cirurgia para tratar a fratura na clavícula direita sofrida no início de janeiro. O espanhol, que também passou por um tratamento com células tronco, tem período de recuperação estimado de três meses
Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Dani Pedrosa passou por uma cirurgia no Centro Médico Teknon, em Barcelona, para tratar a fratura de clavícula diagnosticada no início de janeiro. Além procedimento de estabilização do osso, o piloto aposentado também se submeteu a tratamento com células tronco.
 
O procedimento cirúrgico foi feito por conta da falta de consolidação da clavícula direita. Na operação reconstrutiva, os médicos estabilizaram a fratura, “utilizando material de osteossíntese e contribuição de bio-enxerto com uma dose de quarenta milhões de células tronco autólogas [células do próprio Pedrosa]”.
Dani Pedrosa precisou operar a clavícula direita (Foto: Arnau Puig/Red Bull Content Pool)
Os médicos estimaram que a recuperação do piloto de testes da KTM vai levar em torno de três meses.
 
“No momento, a minha mente está focada em superar a situação atual para continuar trabalhando no desenvolvimento da KTM”, disse Pedrosa. “Infelizmente, não pude participar dos testes da pré-temporada na Malásia, mas eu estou acompanhando de perto do trabalho da KTM. Espero em breve estar com eles na pista”, concluiu.