MotoGP
11/07/2018 11:43

Ex-rival, Stoner elogia e diz que Rossi “ainda seria número um” sem eletrônica nas motos

Casey Stoner afirmou que, sem tanta eletrônica nas motos, Valentino Rossi seguiria dominando a MotoGP. Bicampeão considerou que o #46 segue sendo um piloto top, ainda que não tenha ritmo para brigar pelo título deste ano
Warm Up / Redação GP,  de São Paulo
 Casey Stoner (Foto: Divulgação)

Casey Stoner avaliou que Valentino Rossi seguiria sendo o número um da MotoGP se as motos não tivessem tanta eletrônica. Atual piloto de testes da Ducati, o australiano destacou que o italiano segue sendo um piloto top.
 
Questionado sobre a maneira como vê a MotoGP atual, Stoner colocou Rossi e Maverick Viñales como principais rivais de Marc Márquez e teceu elogios ao antigo rival.
Casey Stoner elogiou Valentino Rossi (Foto: Ducati)
“Tem muitos pilotos fortes. Rossi e Viñales na Yamaha estão seguindo a Honda de Marc [na classificação], mesmo que eles sequer tenham vencido”, disse Stoner. “No momento, para ser honesto, Valentino não tem o ritmo para poder vencer o campeonato, mas segue sendo um piloto top, sempre nas primeiras posições e pronto para terminar no pódio”, reconheceu.
 
O bicampeão, então, apontou uma semelhança sua com o multicampeão e avaliou que, fosse a categoria menos tecnológica, Valentino ainda reinaria. 
 
“Ele é como eu: se não fosse por toda essa eletrônica que controla a moto, se a potência fosse controlada só pelo punho direito do piloto, Rossi ainda seria o número um na pista”, apostou.