MotoGP

Dovizioso vê “momento importante” e justifica apoio a Petrucci: “Não sou do tipo que tenta esconder as coisas”

Andrea Dovizioso avaliou que Danilo Petrucci vive um momento importante da carreira. O #4 justificou seu apoio ao novo companheiro de equipe e não se mostrou preocupado com a possibilidade de ser superado pelo compatriota
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci deram mais uma amostra de uma mútua boa relação no segundo dia de testes coletivos da MotoGP em Sepang. Em meados da sessão de quinta-feira (7), os dois deixaram os boxes da Ducati ao mesmo e trataram de fazer uma simulação de corrida juntos.
 
Para a temporada 2019, Dovizioso vive um ambiente completamente diferente nos boxes. Depois de relações mais tumultuadas com Andrea Iannone e Jorge Lorenzo nos últimos anos, o italiano agora é muito mais próximo de Petrucci e decidiu, inclusive, ajudar o compatriota na adaptação ao time de fábrica.
Andrea Dovizioso se mostrou animado em ajudar Danilo Petrucci (Foto: Michelin)
Questionado se não teme que o tiro saia pela culatra, Dovizioso respondeu: “Eu pensei nisso, assim como quando pensei em ajudar Danilo na preparação em casa”.
 
“Eu não sou do tipo que tenta esconder certas coisas para vencer. Tenho outra mentalidade. Não tenho problema em divulgar certas coisas. Se outro piloto acabar sendo mais forte do que eu, sorte dele. Acho que é importante trabalhar e treinar com um piloto rápido como ele é, e isso beneficia a nos dois, não só a mim”, ponderou. “Tudo depende da abordagem e do tipo de relacionamento criado entre duas pessoas. Desde o início, eu quis ser claro com ele, e Danilo ficou feliz e grato pelas minhas palavras. Este é, de fato, um momento importante da carreira dele”, frisou.