Motociclismo

Aos 14 anos, espanhol Andreas Pérez morre após acidente durante etapa do Mundial Junior de Moto3 em Barcelona

Com apenas 14 anos, o piloto disputava o Mundial Junior de Moto3 na quarta etapa da temporada 2018, no último domingo, quando se envolveu em um acidente com vários competidores à altura da curva 5. Andreas Pérez foi removido imediatamente para um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos e foi declarado morto na manhã desta segunda-feira
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Morto após grave acidente em Barcelona, Andreas Pérez tinha apenas 14 anos (Foto: Twitter)

A semana no esporte a motor começa de luto. Andreas Pérez Manresa, piloto espanhol de apenas 14 anos, sofreu grave acidente múltiplo à altura da curva 5 durante a corrida 2 do Mundial Junior de Moto3, disputado em Barcelona no último domingo. De todos, Andreas foi quem levou a pior e imediatamente foi removido para o Hospital de la Santa Creu i Sant Pau de helicóptero. Lá, foram diagnosticadas lesões cerebrais gravíssimas. Nesta manhã de segunda-feira (11), Pérez foi declarado morto após confirmação da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) e também sua equipe, a Avintia Academy informando o passamento do seu piloto.
 
“Apesar dos esforços do corpo médico do circuito e do hospital, Andreas morreu tristemente na manhã de 11 de junho. Andreas Pérez foi um dos destaques da edição de 2017 da European Talent Cup, conquistando duas vitórias e vários pódios durante a temporada para terminar em quarto. Para 2018, subiu para o Mundial Junior de Moto3 correndo com a equipe Reale Avintia Academy”.
Andreas Pérez morreu após trágico acidente em Barcelona neste domingo (Foto: Twitter)
“Apesar do seu coração ainda continuar a bater e apesar de muitos esforços, os médicos não puderam fazer nada para salvar sua vida. Andreas não conseguiu vencer esta corrida. Foram horas muito difíceis para todos os membros da Reale Avintia Academy, que estavam com sua família desde o primeiro momento nestes momentos difíceis”, disse a equipe em comunicado.
 
“Perdemos um grande piloto, mas, acima de tudo, perdemos uma grande pessoa e vamos sentir muita falta dele. A equipe e todos os seus patrocinadores enviam todo o apoio à família de Andreas neste momento tão difícil”, completou a Avintia.
 
Andreas estreou no Mundial Junior de Moto3 no ano passado e fez as etapas de Jerez e Valência. Em 2018, seu objetivo era ter feito a temporada desde seu início, mas ficou fora da etapa de abertura do campeonato, no Estoril. Pérez fez, então, as etapas de Valência, Le Mans e Barcelona correndo com o número #77 da Avintia.
Morto após grave acidente em Barcelona, Andreas Pérez tinha apenas 14 anos (Foto: Twitter)
O acidente fatal aconteceu exatamente uma semana antes de Barcelona receber o GP da Catalunha da MotoGP. É a terceira morte registrada em três anos no circuito de Montmeló. 
 
Em 2016, Luis Salom morreu após um acidente grave nos treinos da Moto2, quando não resistiu a um impacto na barreira de proteção após perder o controle da sua moto. No ano passado, Enric Sauri morreu durante a disputa das 24 Horas da Catalunha, famosa prova de endurance.


Comoção no mundo do esporte

A morte trágica e precoce de Andreas Pérez levou várias personalidades a expressar seu pesar. Fernando Alonso, Marc Márquez e vários pilotos da MotoGP lamentaram a tragédia que vitimou o piloto espanhol.







 
CONFLITO À VISTA?

NOVA EQUIPE DE LORENZO, HONDA É TODA MOLDADA PARA MÁRQUEZ