Kart

Di Mauro representa Academia Shell Racing e disputa Mundial de Kart na classe KZ2 na Bélgica

Tetracampeão brasileiro, Gaetano di Mauro segue para a Europa para a disputa da principal competição de kart do mundo. O piloto de 20 anos vai acelerar na classe KZ2 — destinada aos karts com marcha — no kartódromo de Genk, contra 104 oponentes
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Gaetano di Mauro vai representar a Academia Shell Racing no Mundial de Kart na Bélgica (Foto: José Mário Dias)
Gaetano di Mauro tem pela frente um fim de semana especial na sua carreira como piloto. Tetracampeão brasileiro de kart na classe Shifter, vice-campeão do Brasileiro de Turismo — hoje Stock Light — e vice-líder da temporada 2018 da Porsche Carrera Cup 3.8, o paulista de 20 anos vai encarar um novo desafio na sua trajetória vitoriosa. Membro da Academia Shell Racing desde o ano passado, Gaetano vai disputar pela primeira vez o Mundial de Kart CIK-FIA, a principal competição da modalidade, na classe KZ2, destinada aos karts com marcha. A disputa vai acontecer no tradicional kartódromo de Genk, na Bélgica.
 
Contratado pela equipe de fábrica da CRG, uma das mais tradicionais marcas do kartismo mundial, Gaetano é o único brasileiro inscrito para disputar o Mundial na KZ2. Além disso, o piloto vai ter uma grande missão pela frente: competir contra nada menos que 104 oponentes a partir de sexta-feira, quando começam os treinos oficiais em Genk.
 
Durante a competição, Gaetano vai correr com o kart de numeral #167 e vai levar as cores da Shell Racing que já costuma estampar tanto na Porsche Carrera Cup como também quando compete nas provas de kart no Brasil.
Gaetano vai representar as cores da Academia Shell Racing nesta semana na Bélgica (Foto: Gaetano di Mauro/Facebook)
Mas diferente do seu perfil de piloto, hoje mais focado para as competições de turismo, Gaetano vai enfrentar em Genk profissionais que se dedicam exclusivamente ao kartismo e, dentre eles, o atual detentor do título mundial e seus cinco principais adversários no Europeu de Kart da FIA.
 
Di Mauro se mostrou bastante feliz e empolgado com a chance de disputar o Mundial e também com a oportunidade de representar a Shell Racing junto à nata do kartismo no planeta.
 
“Vai ser uma experiência inédita. Nunca fiz o Mundial da CIK-FIA, que é o maior campeonato que existe. Fizemos uns dias de teste na Itália para tentar colocar no máximo da performance. Vou concorrer contra adversários que trabalham o ano inteiro desenvolvendo seus equipamentos e venho para esta prova apenas, então o desafio é bem grande e animador”, destacou.
Gaetano é dono de quatro títulos brasileiros na Shifter (Foto: Bruno Gorski)
“Tenho certeza que vai ser um belo campeonato. Estou 100% focado e quero representar bem a Shell ao longo da semana inteira”, complementou o vitorioso piloto.
 
A partir desta sexta-feira (7), Gaetano começa a acelerar junto com os demais oponentes na KZ2 para a disputa de três sessões de treinos livres, além da tomada de tempos. O resultado desta sessão vai determinar os pilotos que vão compor os seis grupos que vão disputar as baterias classificatórias.
 
Entre sábado e domingo, o kartódromo de 1.360 m de extensão vai ser palco de cinco corridas classificatórias envolvendo os pilotos de cada grupo, que vão somando pontos. Os 34 melhores ranqueados vão disputar a grande final, que vai ser realizada na tarde de domingo e vai coroar o novo campeão mundial de kart. O certame vai contar com transmissão ao vivo por meio do site www.cikfia.tv.