Kart

Di Mauro fatura terceira fila nas eliminatórias e destaca “dia muito bom” de treinos no Mundial de Kart

Gaetano di Mauro teve um bom começo de jornada para o Mundial de Kart CIK-FIA da classe KZ2, para karts com marcha, em Genk, na Bélgica. O brasileiro, que disputa contra 104 concorrentes, chegou a liderar parte dos treinos e obteve boa colocação para as eliminatórias
Warm Up / Redação GP, de Cascavel
 Gaetano di Mauro vai representar a Academia Shell Racing no Mundial de Kart na Bélgica (Foto: José Mário Dias)
Enquanto a Academia Shell Racing acelera neste fim de semana com Ricardo Zonta e Átila Abreu para a oitava etapa da temporada 2018 da Stock Car, do outro lado do Atlântico, mais precisamente em Genk, na Bélgica, Gaetano di Mauro faz sua estreia no Mundial de Kart. Correndo pela categoria KZ2, destinada aos karts com marcha, o paulista de 20 anos representa a Academia Shell e busca chegar ao Olimpo da modalidade na batalha contra 104 concorrentes. E no primeiro dia de treinos oficiais, Di Mauro foi um dos destaques desta sexta-feira (7).
 
Ao longo do dia, foram realizadas três sessões de treinos livres, além da tomada de tempos, que define os pilotos para os sete grupos que vão compor as baterias classificatórias, previstas para durante todo o sábado. Gaetano, tetracampeão brasileiro de kart na categoria Shifter — os atuais KZ, dotados de marcha —, vice-campeão do Brasileiro de Turismo — atual Stock Light — e vice-líder da Porsche Carrera Cup 3.8, liderou boa parte de um dos treinos, perdendo a ponta apenas no ‘apagar das luzes’. 
 
Mas na disputa da tomada de tempos, Gaetano foi bem e obteve a sexta posição nas baterias eliminatórias. Daqui em diante, a disputa vai ser da seguinte forma: cada piloto vai fazer seis baterias classificatórias no confronto de um grupo contra o outro, e cada resultado vai definir uma soma de pontos. Os 34 melhores ranqueados vão chegar à bateria final, que vai definir o novo campeão mundial de kart no domingo.
Gaetano di Mauro foi um dos grandes nomes desta sexta-feira em Genk, na Bélgica (Foto: Divulgação)
Único brasileiro inscrito no grid da KZ2, Di Mauro acelera pelo time de fábrica da CRG com o kart #167, dotado das cores da Academia Shell Racing. Gaetano corre contra pilotos que trabalham de forma exclusiva para o kartismo, como o atual campeão mundial e seus principais adversários no Campeonato Europeu.
 
Ao fim de uma sexta-feira bastante movimentada em Genk, Gaetano comemorou o bom início de jornada visando o título mundial.
 
“Foi um dia muito bom. Lideramos o último treino, era o primeiro no meu grupo até a última volta, mas me passaram. Peguei muito trânsito porque o pessoal tirou muito o pé no fim e era a volta que faria a pole, baixaria uns 0s2, e não tive o que fazer. Tive de desviar dos caras e pegar sujeira”, explicou o piloto.
 
“Mesmo assim, está bom. Vou largar em sexto em todas as baterias, e agora é correr. Temos de pensar bem na pontuação, mas foi um dia ótimo, o carro está muito bom com pneu usado, então é usar a cabeça e ir para a frente”, complementou Gaetano di Mauro.
 
O Mundial de Kart conta com transmissão ao vivo pelo site oficial do evento em www.cikfia.tv.