Kart
15/12/2017 16:15

Del Nero identifica problema no motor do kart da Scuderia GP, mas minimiza posição de largada: “Dá para recuperar”

Alicio Del Nero foi quem guiou o kart #44 da Scuderia GP na classificação das 500 Milhas de Kart da Granja Viana. O piloto explicou que segue sofrendo com problemas no motor, mas acredita na reação na corrida de longa duração mesmo largando em 53º
Warm Up, da Granja Viana / FELIPE NORONHA, da Granja Viana / GABRIEL CURTY, da Granja Viana
 Alicio Del Nero (Foto:Rodrigo Berton/Grande Prêmio)

A posição de largada não assusta muito Alicio Del Nero. Responsável por guiar o kart #44 da Scuderia GP na classificação das 500 Milhas da Granja Viana desta sexta-feira (15), o piloto explicou que o time segue com problemas no motor, mas que isso deve melhorar para uma corrida que, possivelmente, será de recuperação.

Del Nero contou que o kart melhorou bastante em relação aos treinos livres, mas uma falha no motor tem feito o #44 ficar para trás sempre no mesmo ponto da pista.

"Fiz meu melhor, o kart está na mão. Quase a volta inteira consegui acompanhar até mesmo pilotos da categoria profissional. Mas chega uma curva que nosso motor não rende, e ali a gente perde, na curva dois e meio. Ali é nosso ponto fraco, o cara da frente abre e a gente perde o vácuo. Vamos ver se a gente equaliza o motor para amanhã, o preparador falou que vai conseguir, para ter uma performance melhor", disse.
Alicio Del Nero foi quem classificou pra Scuderia GP (Foto:Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Alicio lembrou que a corrida é de longa duração, mas o piloto espera melhorias no equipamento e, assim, mais performance. 
 
"Em prova desse tipo, de 12 horas, largar em último, penúltimo, não quer dizer muita coisa. É importante estarmos com o equipamento ajustado para amanhã. Se a gente ajustar o equipamento, estar lá atrás não é desesperador. Dá para fazer uma prova consistente e recuperar", completou.
 
A equipe da Scuderia GP em 2017 é formada por Alicio, Alfredo Salvaia, Allyson Nazario, Gustavo Ariel, Miguel Capuccio e Ricardo Talarico.
 
EM BUSCA DO SONHO DA F1

PIETRO FITTIPALDI REVELA QUE NEGOCIOU COM A SAUBER PARA 2018