Indy

GP às 10: Ericsson se arruma na Indy justamente quando vai bem na F1. E beliscar vitórias é possível

Marcus Ericsson vive a melhor fase na F1, mas vai ficar sem vaga para 2019. O sueco, então, resolveu tentar a sorte na Indy com a Schmidt Peterson e, com o aleatório de algumas corridas e sua qualidade na administração de equipamento, pode até sonhar com vitórias, analisa Gabriel Curty no GP às 10
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Marcus Ericsson (Foto: IndyCar)
A principal notícia da semana na Indy foi a ida de Marcus Ericsson para a Schmidt Peterson. No GP às 10 desta quinta-feira (1), Gabriel Curty elogia o movimento do sueco e vê o piloto na melhor fase da carreira e com possibilidades de até beliscar vitórias já em seu primeiro ano. Além disso, aponta que Ericsson mostra aos demais pilotos da F1 que não existe só a categoria no topo do automobilismo mundial.

O GP às 10 é a série que traz um comentário em vídeo dos jornalistas do GRANDE PRÊMIO, sempre às 10h (de Brasília), do dia e da noite. Veja aqui todas as edições do GP às 10.