FE

Nissan decide chamar Rowland para testes em Valência após negociações de Albon com Toro Rosso

Mesmo assinado com a Nissan na FE, Alexander Albon está com um pé na Toro Rosso. Em meio as negociações, o tailandês vai ser substituído no dia final de testes em Valência por Oliver Rowland, diz o site ‘E-racing365’
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Alexander Albon (Foto:: FIA F2)
Alexander Albon foi anunciado como novo piloto da Nissan e.dams para a temporada 2018/19 da Fórmula E, mas corre o risco de sequer estrear. O talentoso anglo-tailandês, de 22 anos, vice-líder em 2018 da F2, está cada vez mais perto de fechar acordo com a Red Bull para ocupar a vaga que falta na Toro Rosso no Mundial de F1 no próximo ano, diz a revista britânica ‘Autosport’. Albon estava escalado para os testes de pré-temporada nesta semana em Valência, mas apenas Sébastien Buemi participou das atividades pela marca japonesa, que chamou Oliver Rowland para ocupar o carro #22 nesta sexta-feira. A informação é do site ‘E-racing365’.
 
Na terça-feira, Buemi guiou os dois carros da equipe, tanto o #23, que vai ser o que o suíço vai utilizar ao longo da temporada, como o #22, reservado a Albon. Nesta quarta, Buemi trabalhou apenas com o seu carro em um dia marcado por uma simulação de corridas. Apenas a Nissan rodou com um piloto ao longo da sessão. 
 
Sem a presença de um dos seus pilotos, os trabalhos no acúmulo de informações ficam naturalmente comprometidos, daí a necessidade de chamar um piloto com experiência na categoria, como Rowland, para garantir um pouco mais de quilometragem.
Mal chegou, mas já pode sair: Albon negocia com a Toro Rosso e pode deixar a Nissan (Foto: Nissan/Divulgação)
De acordo com a publicação, Rowland, britânico de 26 anos que em 2018 foi anunciado como piloto de desenvolvimento da Williams, chegou ao circuito Ricardo Tormo na noite da última terça-feira, ao mesmo tempo em que Albon segue em negociações com a Toro Rosso para ser companheiro de equipe de Daniil Kvyat em 2019.

Uma vez que Albon tem contrato com a Nissan, a tendência é que, caso o negócio com a Red Bull seja fechado, a empresa dos energéticos possa desembolsar uma compensação financeira pela possível saída do tailandês.
 
Em princípio, Rowland foi convocado apenas para o complemento dos testes de pré-temporada, mas o ‘E-racing365’ diz que o piloto figura no topo da lista de candidatos a uma vaga de titular da Nissan para sua estreia na FE após a saída da Renault.


Terceiro colocado na temporada 2017 da Fe, Rowland fez o eP de Punta del Este como piloto da Mahindra em 2016, substituindo Nick Heidfeld. O piloto disputou as 24 Horas de Le Mans neste ano e, em setembro, correu a etapa de Barcelona do Blancpain Endurance Series pela equipe Strakka Racing e acelerou com um Mercedes ao lado de Christian Vietoris e do brasileiro Felipe Fraga.
 
As equipes do grid da Fórmula E têm até o dia 24 de outubro para enviar à FIA (Federação Internacional de Automobilismo) a lista de pilotos para a temporada 2018/19. A relação vai ser publicada em 16 de novembro. A abertura do campeonato está marcada para 15 de dezembro, na Arábia Saudita.