FE

Jimenez celebra novo pódio no eTrophy, e Cacá Bueno assume erro que custou “vitória na mão” em Hong Kong

Após três etapas do eTrophy, Sérgio Jimenez pode afirmar que não ficou fora de nenhum pódio. O #10 saiu do 12º para o terceiro lugar em Hong Kong, enquanto Cacá Bueno cometeu um erro facilitado por detritos na pista e que acabou colocando a perder o que era uma vitória provável
Grande Prêmio / Redação GP, do Rio de Janeiro
A terceira etapa do campeonato do eTrophy teve o terceiro vencedor diferente. Foi Bryan Sellers. Mas o piloto que agitou a etapa de Hong Kong foi Sérgio Jimenez. Sem conseguir andar na classificação, Jimenez largou na última colocação e terminou a corrida no terceiro posto. Cacá Bueno largara na pole e tinha a vitória encaminhada, quando um erro acabou custando a vitória e o pódio.
 
Jimenez vibrou com a possibilidade de seguir aparecendo no pódio em todas as corridas da categoria, ainda que tenha se envolvido numa colisão um tanto quanto estranha com Simon Evans. 
 
“De último para terceiro em um circuito de rua! Fico muito feliz e agradeço a todos pela torcida e em especial a equipe Jaguar Racing Brazil pelo trabalho em Hong Kong. Não consegui fazer uma única volta no treino classificatório e sabíamos que seria uma prova difícil, com as naturais dificuldades para conseguir as ultrapassagens. Nossa meta era seguir com 100% de pódios na temporada e é ótimo sair daqui com mais um troféu, especialmente por conta do problema que tivemos na classificação”, disse.
 
Sobre o incidente em que espremeu Evans mo muro, avaliou que houve um movimento natural de quem tinha a preferência na curva. “Eu passei o Evans por fora na curva anterior e na seguinte ele veio por fora e quis entrar. Como eu estava por dentro, a posição já era minha."
Cacá Bueno na pole (Foto: José Mário Dias)
Cacá Bueno, por outro lado, largou na pole e abriu vantagem na liderança. Ao passar direto numa das curvas do circuito asiático, acabou abrindo caminho para ser ultrapassado. Terminou na quinta colocação. 
 
“Lógico que estou frustrado e nem acreditando no que aconteceu. Corrida nunca é fácil de ganhar, mas esta estava na mão”, lamentou.
 
“Freei muito antes do que fazia na classificação, só que tinha muito plástico e peças de carro espalhadas por causa da batida na volta anterior. Peguei um detrito destes e travou a roda dianteira direita e não soltava por nada, nem sem o pé no freio desbloqueava. E olha que tem ABS e nem assim destravou", contou. 
 
"Dito isso, é lógico que a culpa é minha. Com a diferença que eu abri do segundo colocado, era para eu ter freado até 20 metros antes e não correr nenhum risco. Excesso de confiança e um carro bom fazem a gente cometer erros idiotas como este”, finalizou.
 
Sellers lidera o campeonato com 46 pontos, enquanto Katherine Legge tem 42 e Jimenez chegou aos 37. Cacá tem 23 e ocupa a quinta posição do campeonato.