FE

Buemi toma 10s de punição por acidente com Frijns e Di Grassi e muda tabela de classificação da Fórmula E

Após o eP de Sanya, disputado neste sábado (23), muita gente acabou sendo punida, e isso mudou a tabela de classificação da Fórmula E. António Félix da Costa agora tem apenas um ponto de vantagem para Jérôme d'Ambrosio. Mas quem sofreu mais foi Sébastien Buemi, que perdeu o sexto posto na prova

Warm Up / Redação GP, de Curitiba
O eP de Sanya da Fórmula E, disputado neste sábado (23), não passou ileso de punições por parte dos comissários, e isso acabou causando mudanças na tabela de classificação. Muita gente foi investigada na salinha da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) após a corrida, mas quem levou a pior mesmo foi Sébastien Buemi. O líder António Félix da Costa também viu a vantagem de três pontos cair apenas para um.
 
Buemi sofreu uma sanção de 10s por ter sido considerado culpado por um acidente múltiplo já na fase final da prova chinesa. O piloto da Nissan colidiu com Robin Frijns na freada do hairpin, que, por sua vez, acertou Lucas Di Grassi. O holandês e o brasileiro não tiveram chance e abandonaram a prova ali mesmo. Enquanto isso, Sébastien foi capaz de levar o carro ao sexto lugar. Com a decisão dos comissários em punir com tempo de acréscimo à marca da corrida, Buemi passou de sexto para oitavo, o que o deixou atrás de Jérôme d'Ambrosio e Pascal Wehrlein.
Buemi parou no muro (Foto: Reprodução/Twitter)
Lucas, no entanto, acabou sendo punido também com multa, algo em torno de R$ 20 mil, "por ter deixado o carro sem permissão do diretor de prova", de acordo com o relatório dos comissários. Além do piloto da Audi, Buemi, Daniel Abt e Andre Lotterer foram multados por excesso de velocidade após a bandeirada.
 
Os homens da FIA ainda analisaram outro incidente, envolvendo Oliver Rowland e Félix da Costa. Mas ambos mantiveram o pódio, uma vez que nenhuma ação foi tomada. O vencedor da corrida, Jean-Éric Vergne, por outro lado, tomou uma reprimenda, por não ter mantido uma distância de 10s para o safety-car.
 
Já Edoardo Mortara recebeu um drive-through que foi convertido em uma sanção de 16s em seu tempo total de corrida, o que o fez cair para a 13ª colocação no resultado final. A punição foi dada porque o piloto da Venturi não usou o modo ataque duas vezes.
 
Por conta de todas as sanções, a classificação do campeonato ainda tem Félix da Costa como líder, mas agora apenas com um ponto de vantagem para D'Ambrosio. Vergne vem oito tentos atrás do português. Entre as equipes, Virgin e Mahindra agora estão empatadas em 97 pontos. A Audi tem 96.

Confira classificação da Fórmula E após eP de Sanya:

1 A FÉLIX DA COSTA BMW POR 1 1 62
2 J D'AMBROSIO Mahindra BEL   1 61
3 J.E VERGNE Techeetah FRA   1 54
4 S BIRD Virgin Audi ING 1 1 54
5 L DI GRASSI Audi SUI   1 52
6 E MORTARA Venturi BRA   1 52
7 D ABT Audi ALE     44
8 R FRIJNS Virgin Audi NZL     43
9 A LOTTERER DS Techeetah ALE     41
10 P WEHRLEIN Mahindra NZL     36
11 M EVANS Jaguar ALE 1   36
12 O ROWLAND Nissan ING 1   27
13 S BUEMI Nissan SUI     19
14 A SIMS BMW BRA 1   18
15 F MASSA Venturi ING     15
16 O TURVEY NIO ING     6
17 G PAFFETT HWA Venturi ING     4
18 S VANDOORNE HWA Venturi BEL 1   3
19 J MARÍA LÓPEZ Dragon Penske ARG     2
20 N PIQUET Jaguar BRA     1
21 T DILLMANN NIO FRA      
22 M GÜNTHER Dragon Penske ALE      
23 F NASR Dragon Penske BRA      
24 F ROSENQVIST Mahindra SUE