F3

Troitskiy herda liderança e vence pela primeira vez na corrida 3 da F3 Europeia em Zandvoort

Em corrida que terminou com bandeira vermelha, Nikita Troitskiy soube aproveitar uma série de incidentes que resultaram na sua primeira vitória da temporada. Com o abandono de Dan Ticktum, Marcus Armstrong manteve a liderança do campeonato, mas Guan Yu Zhou encostou e está apenas um ponto atrás
Warm Up / Redação GP, de São José dos Campos
 Nikita Troitskiy alcançou primeira vitoria da temporada (Foto: FIA F3)

Nikita Troitskiy se aproveitou da punição de Dan Ticktum, pole-position da prova, e conquistou a sua primeira vitória na temporada da F3 Europeia na corrida 3 em Zandvoort, neste domingo (15). O jovem piloto da Red Bull liderava a prova quando foi punido pela queima de largada e foi obrigado a pagar um drive-through, abandonando na volta seguinte. A corrida terminou sob bandeira vermelha por conta da remoção do carro de Julian Hanses da pista.
 
Ticktum teve uma largada rápida, mas logo recebeu a sentença pela infração no começo da corrida. Jüri Vips, que também começaria na primeira fila, teve um início ruim e parou o carro na pista, fazendo com que os outros pilotos tivessem que desviar para evitar qualquer acidente. Dessa forma, Troitskiy ultrapassou o estoniano e assumiu a segunda colocação. Guan Yu Zhou também foi beneficiado com o acontecido, e se moveu para o terceiro lugar, enquanto seus companheiros de Prema não conseguiram acompanhar e ficaram para trás. 
 
Uma saída de pista de Ben Hingeley resultou na entrada do primeiro safety-car. A prova teve reinício faltando 23 minutos para o fim e não apresentou muitas mudanças na parte da frente do pelotão. Pode-se observar uma briga pelo 14º lugar, entre duas Prema, de Mick Schumacher e Ralf Aron, o vencedor das duas corridas do último sábado
 
O drive-through de Ticktum veio na oitava volta e o britânico voltou à pista no fim do grid antes de parar de vez seu Motopark na volta seguinte. Nesse incidente, Troitskiy herdou a primeira posição, que não deixaria escapar até o fim da prova. 
Nikita Troitskiy comemora pódio da corrida 3 em Zandvoort (Foto: FIA F3)
Ainda em consequência da saída de Ticktum, Alex Palou avançou para a sexta posição, logo antes de Hanses sair da pista e bater nas barreiras da primeira curva do circuito holandês. A batida deixou o carro preso e dificultou sua remoção do circuito.
 
Com uma lenta retirada do carro do alemão da pista, a prova terminou sob bandeira vermelha, depois de um longo período de safety-car, garantindo Troitskiy e Zhou no pódio. Em seguida, o indiano Jehan Daruvala fechou as três primeiras posições, colocando duas Carlin na comemoração.
 
Marino Sato liderou uma batalha pelo quarto lugar com companheiro de equipe da Motopark, Fabio Scherer, conseguindo a melhor posição. Alex Palou, da Hitech GP, e Ferdinand Habsburg, da Carlin, vieram logo atrás, no sexto e sétimo lugar, respectivamente.
 
Jonathan Aberdein foi o oitavo, enquanto Artem Petrov conseguiu marcar os primeiros pontos na F3 Euro, ao conquistar o nono lugar com a Van Amersfoort Racing. O décimo colocado foi o britânico Enaam Ahmed. 
 
A vitória de Troitskiy marcou seu melhor resultado na temporada desde um nono lugar em Hungaroring, no início de junho. No campeonato, Marcus Armstrong segue na frente com 131, mesmo com o 14º lugar conquistado na corrida 3. O abandono de Ticktum permitiu que o italiano permanecesse na liderança, mas, com a ausência de pontos na última corrida em Zandvoort, Zhou encosta na tabela e fica apenas à um ponto do primeiro lugar.
 
A próxima etapa da F3 Europeia, quinta da temporada, acontece no circuito de Spa-Francorchamps, nos dias 27 e 28 de julho