F3

Red Bull repreende Ticktum após comentários sobre Schumacher na F3: “Usa a boca antes do cérebro”

A Red Bull precisou chamar a atenção de Dan Ticktum após o piloto sugerir que a melhora de Mick Schumacher na F3 Europeia era “interessante”. Christian Horner reconheceu que o piloto do programa de jovens talentos da equipe é veloz, mas que ainda precisa de mais desenvolvimento antes de chegar à F1
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Dan Ticktum (Foto: Reprodução)
Da próxima vez que Dan Ticktum fizer comentários sobre algum adversário, certamente vai pensar duas vezes antes de falar. Após sugerir de que Mick Schumacher teve uma melhora “interessante” na segunda metade da temporada da F3 Europeia, a Red Bull chamou a atenção do piloto.
 
O britânico, que faz parte do Programa de Jovens Pilotos da equipe de bebidas energéticas, teve uma primeira temporada na F3 bastante positiva, chegando na reta final de 2018 diretamente na briga pelo título. No entanto, deve perder o caneco para o filho do sete vezes campeão Michael.
 
O piloto alemão aparecia na oitava colocação no meio do campeonato, mas teve uma grande reviravolta de desempenho, incluindo cinco vitórias nas últimas seis corridas. Com isso, saltou para a liderança e hoje sustenta 39 pontos de respiro para o segundo colocado.
Christian Horner (Foto: Mark Thompson/Getty Images)
Com isso, Ticktum postou em suas redes sociais nesta semana que a melhora do adversário e do companheiro Robert Shwartzman era interessante, e chegou a insinuar de que iria perder o título, pois seu sobrenome não era Schumacher.
 
Ao comentar sobre o episódio de seu pupilo, Christian Horner reconheceu que a postura foi inadequada. “Ele é um personagem, às vezes usa a boca antes do cérebro”, disse em entrevista ao ‘Sky Sports’.
 
“Ele é um piloto talentoso, mas ele tem mais desenvolvimento a ser feito antes de chegar perto do nível da F1. Ele é veloz, mas precisa polir algumas arestas”, completou o chefe da equipe.
 
A Red Bull ainda precisa confirmar a dupla de pilotos para a Toro Rosso. Helmut Marko já havia deixado clara sua vontade de promover Ticktum, mas o piloto pode não conseguir o que é necessário para conseguir uma superlicença da F1.
 
Já Schumacher está pronto para se classificar para a superlicença, e algumas equipes já expressaram sua vontade em ter o alemão, apesar de ser provável que fique ainda nas categorias de acesso, correndo na F2 no próximo ano.
 
“Na F3, Mick Schumacher está fazendo um ótimo trabalho. Ele tem sido particularmente dominante, ele obviamente se achou na segunda metade da temporada, tornou-se o homem a ser batido”, encerrou.