F3

Em prova movimentada da F3 Euro, Habsburg salta de oitavo para vencer corrida 2 em Spa-Francorchamps

Quatro pilotos estiveram na liderança da corrida 2 em Spa. Ferdinand Habsburg assumiu a ponta restando quatro voltas e venceu a prova. Mick Schumacher concluiu a prova em nono e Pedro Piquet não completou
Warm Up / Redação GP, de Jacareí
 Ferdinand Habsburg em Spa na F3 Euro (Foto: Reprodução/Twitter)

Diferente da primeira corrida da F3 Europeia desta sexta-feira (28) em que Landon Norris venceu de ponta a ponta, a corrida 2 em Spa-Francorchamps contou com bastante troca de posições entre os primeiros colocados e teve quatro líderes diferentes. Quando Ferdinand Habsburg assumiu a ponta, não largou mais e venceu pela primeira vez na temporada 2017.
 
Para triunfar, o austríaco ultrapassou Maximilian Günther restando quatro voltas para o fim da prova. Antes disso, Norris havia largado bem e sido o líder inicial na Bélgica, mas se envolveu em uma batida com Yu Zhou e viu Callum Ilott assumir a liderança da corrida logo em seguida.
 
Ilott e Günther ainda revezaram na ponta antes da aproximação de Habsburg, que largou em oitavo e aos poucos foi ganhando posições até alcançar o segundo lugar. Nesse mesmo período, Ilott já tinha ficado para trás e só restou o piloto alemão à frente de Habsburg. O austríaco o ultrapassou e conquistou sua a vitória no circuito belga.
Ferdinand Habsburg em Spa na F3 Euro (Foto: Reprodução/Twitter)

 
Günther ainda perdeu a segunda posição para Joel Eriksson e terminou em terceiro lugar. Jake Hughes e Nikita Mazenpin concluiram a prova em quarto e quinto lugares, respectivamente.
 
Jehan Daruvala foi o sexto colocado, seguido de Callum Ilott em sétimo. Ralf Aron terminou em oitavo lugar, seguido de Mick Schumacher e Joey Mawson, ambos entre os 10 primeiros lugares.
 
O brasileiro Pedro Piquet abandonou a prova, assim como Guan Yu Zhou e Landon Norris. No fim do grid ficaram Marina Sato, Keyvan Andres, Harrison Newey, Ameya Vaidyanathan e David Beckmann.
CASO VÁ BEM EM TESTE, KUBICA DEVE VIRAR TITULAR DA RENAULT JÁ A PARTIR DO GP DA BÉLGICA