F3
26/08/2018 16:58

Com chuva forte e paralisação, corrida 3 da F3 Europeia em Misano termina com vitória de Aron

Marcus Armstrong liderava com alguma tranquilidade sob chuva forte, mas perdeu terreno para Ralf Aron, que ultrapassou e partiu para a vitória. Armstrong terminou o dia com um abandono após se envolver em acidente com o companheiro Guanyu Zhou
Warm Up / Redação GP, de Porto Alegre
 A chuva caiu com força em Misano (Foto: FIA F3)
Depois de uma corrida 2 com asfalto parcialmente molhado, a 3 reservou um verdadeiro toró para os pilotos da F3 Europeia em Misano. A etapa complementar deste domingo (26) reservou condições climáticas desafiadoras, mas favoráveis para um Ralf Aron que encontrou bom ritmo a ponto de acompanhar e ultrapassar o adversário Marcus Armstrong.
 
Armstrong largou da pole, uma vantagem ainda maior por conta da largada sob safety-car, seguida de uma paralisação de 20 minutos por chuva intensa. A prova recomeçou com o italiano ainda andando bem, mas perdendo terreno para Aron na segunda metade. O estoniano fez uma ultrapassagem certeira sem perder muito tempo, encaminhando a vitória.
 
Depois de perder a liderança, a corrida só piorou para Armstrong. Um novo safety-car reagrupou o grid, permitindo que Jüri Vips e Ferdinand Habsburg passassem também o ex-líder. O pior ainda estava por vir: Marcus foi tocado por Guanyu Zhou em disputa por posição, incidente que forçou o abandono duplo dos companheiros de equipe.
Ralf Aron lidera em Misano (Foto: FIA F3)
A corrida se acalmou após o incidente. Aron, Vips e Habsburg mantiveram posições, garantindo ida ao pódio.
 
“Eu gosto de condições difíceis, sempre gostei”, disse Aron após a corrida. “No kart eu odiava, mas trabalhei em cima disso e cheguei ao ponto em que gosto. Não aqueci muito bem meus pneus na largada com safety-car e eu tive dificuldades, mas sabia o que precisava fazer para ser rápido. Briguei com o Marcus [Armstrong] por algumas voltas e passei. Fiquei mais confortável depois disso”, seguiu.
 
Dan Ticktum repetiu o quarto lugar da corrida 2. Mick Schumacher foi quinto, com Álex Palou em sexto. A zona de pontos ainda contou com Robert Shwartzman, Fabio Scherer, Jehan Daruvala e Enaam Ahmed.
 
A rodada tripla de Misano se encerra com Ticktum ainda líder, com 222 pontos. Jüri Vips, com 210, é a nova ameaça. Armstrong, estacionado nos 190 após o abandono, se distanciou da briga pela taça. Schumacher, 186, e Aron, 183.5, fecham o top-5.
 
A próxima etapa da F3 Europeia acontece em Nürburgring, na Alemanha, em 8 e 9 de setembro. Trata-se da antepenúltima rodada tripla da temporada 2018.